Categorias
Vôlei Bauru

Vôlei Bauru anuncia segundo reforço para temporada 2016/2017

Central de 21 anos com passagem por Seleção de base é anunciada pelo Concilig Vôlei Bauru

icone-VOLEIO Concilig Vôlei Bauru anunciou nesta terça (26/abr) seu segundo reforço para a temporada 2016/2017: a central Raquel Loff, que atuou na última Superliga por Valinhos. Com 21 anos e 1,93m, a promissora atleta acumula títulos nas categorias de base, jogando por Brusque-SC, São Caetano e Pinheiros e compôs a preparação da Seleção Brasileira sub-23 para o Mundial da categoria, em 2015.

Raquel-Loff-Bauru-2A atleta está animada em trabalhar com o técnico Marcos Kwiek. “Nunca trabalhei com ele, mas sei da importância que tem para o voleibol e dos ótimos trabalhados que realizou. Estou muito ansiosa para trabalhar com um profissional tão respeitado, pois sei que tenho muito a crescer sob o comando dele”, disse Raquel, via assessoria.
Antes dela, o Vôlei Bauru havia anunciado a líbero Arlene (46 anos, ex-Cascavel) — ambas com contrato de um ano. Também estão confirmadas no elenco a oposta Bruna Honório, a ponteira Mari Cassemiro, a central Carol e a levantadora Lyara, remanescentes da última temporada.

MERCADO QUENTE
As negociações estão movimentadas para o lado bauruense, segundo informações de Bruno Voloch, blogueiro do Estadão, e do repórter Luiz “Tá no jogo” Lanzoni, da Auri-Verde/Jornada Esportiva. Estão próximas a levantadora Juma (ex-Pinheiros), a ponteira Thaisinha (São Caetano) e as dominicanas Brenda Castillo (líbero) e Priscilla Rivera (oposta). Ainda no campo da especulação, a experiente ponteira Mari, que está na Indonésia, as ex-osasquenses Suelle (ponteira) e Adenízia (central) e a também central Valquiria, do Minas.

Fotos: arquivo pessoal

 

canhota-zapzap-perfilQuer ser avisado(a) quando houver texto novo no CANHOTA 10? Basta salvar o número +55 14 98109.6388 na agenda do seu celular e enviar um recado via WhatsApp solicitando a inclusão na nossa lista. É rápido!

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *