Desempenho histórico na Copinha

Números ajudam a contar a história e levantar expectativas. O Canhota 10 fez levantamento da participação noroestina na Copa Paulista (e seus nomes anteriores), desde sua primeira edição, em 1999. O Trem-Bala do Interior tem o seguinte retrospecto:

139 jogos
56 vitórias
38 empates
45 derrot
as
198 gols marcados
188 gols sofridos
49,4% de aproveitamento

Confira a seguir, ano a ano, o desempenho noroestino:

1999 • Copa Estado de São Paulo (campeão: Paulista de Jundiaí)
Noreste eliminado na primeira fase
6J • 2V • 2E • 2D • 9GM • 11GS

2000 • Não houve competição

2001 • Copa Coca-Cola (campeão: Bandeirante de Birigui)
Noroeste semifinalista
15J • 6V • 4E • 5D • 23GM • 18GS

2002 • Copa Futebol do Interior (campeão: São Bento de Sorocaba)
Noreste eliminado na primeira fase
14J • 4V • 2E • 8D • 13GM • 32GS

2003 • Copa Estado de São Paulo (campeão: Santo André)
Noreste eliminado na primeira fase
22J • 8V • 7E • 7D • 32GM • 28GS

2004 • Copa Estado de São Paulo (campeão: Santos)
Noreste eliminado na segunda fase
16J • 8V • 5E • 3D • 27GM • 19GS

2005 • Copa Federação Paulista de Futebol
Noroeste CAMPEÃO!
20J • 11V • 5E • 4D • 34GM • 22GS

2006 • Copa Federação Paulista de Futebol (campeão: Ferroviária)
Noroeste não disputou

2007• Copa Federação Paulista de Futebol (campeão: Juventus)
Noreste eliminado na primeira fase
12J • 3V • 4E • 5D • 13GM • 17GS

2008 • Copa Paulista (campeão: Atlético Sorocaba)
Noreste eliminado na segunda fase
20J • 9V • 5E • 6D • 30GM • 26GS

2009 • Copa Paulista de Futebol (campeão: Votoraty)
Noreste eliminado na primeira fase
14J • 5V • 4E • 5D • 17GM • 15GS

No próximo texto, recordaremos a conquista de 2005, sobre o Rio Claro, quando a dupla de ataque Felipe e Otacílio Neto infernizou os adversários – e Buiú era o cara que colocava fogo no jogo no segundo tempo. Até lá!

Saudações alvirrubras.

Vai começar a COPA de verdade!

O ano do centenário já está devidamente coroado, com a volta do Esporte Clube Noroeste à Série A1 do Campeonato Paulista. Por isso mesmo, o time vai leve o solto para a disputa da Copa Paulista, único compromisso deste segundo semestre – além, claro, da festa em setembro (será que não rola mesmo um amistoso com o ‘irmão’ Corinthians?).

Sob supervisão do titular Luciano Dias, Marco Antônio Ribeiro será o treinador do Norusca durante a Copa Paulista

Leve e solto, mas um dos favoritos. Afinal, enquanto a maioria dos clubes colocará a molecada para correr, o Norusca mesclará os garotos – a princípio no banco – com atletas remanescentes da A2. A prioridade é observá-los e concluir quem terá condições de compor o elenco no Paulistão, que certamente ganhará reforços. Do contrário, o treinador Luciano Dias ficaria na beira do gramado, e não seu auxiliar, Marco Antônio Ribeiro. Vai passar os próximos meses ao telefone, contatando jogadores.

Para o nível técnico da competição, o que foi planejado parece o suficiente para brigar pelas primeiras posições – e quem sabe repetir o feito de 2005, levantar a taça e ganhar vaga na Copa do Brasil.

Espero que a torcida esteja a fim de comemorar os 100 anos do clube e compareça ao Alfredão. A diretoria colaborou, solicitando reagendamento das partidas – que não concorrerão mais com o Amadorzão aos domingos de manhã. Tomara que o marketing do clube idealize estratégias de atrair os amantes do clube nesse momento importante – e o pessoal das finanças pegue leve no preço do ingresso.

Até o momento, Marco Antônio conta com 28 jogadores (com asterisco*, aqueles que disputam os Jogos Regionais, em Lins, neste início de julho):

GOLEIROS
Alexandre Villa é seguro, já jogou Copa Paulista pelo Norusca. Yuri Yuri foi muito bem no início da A2 e Weliquem* virá dos Regionais com sequência de jogos.

LATERAIS-DIREITOS
Rafael Mineiro
chegou do Sertãozinho e Mizael* é promessa da base. A conferir.

ZAGUEIROS
Bonfim e Geílson formarão a zaga titular com muita experência e um estilo de jogo mais clássico, com poucos chutões. Magrão* e Leonardo* são joias brutas e Kelisson é um dos reforços (veio do Crac-GO e subiu ano passado com o Monte Azul).

LATERAIS-ESQUERDOS
Roque foi ganhando confiança durante a A2 e deverá sobrar fisicamente na Copa Paulista. Pedro* é destaque no sub-21 e chegou a hora de Giovani* desencantar de vez, inclusive atuando na meia, onde treinou bastante.

VOLANTES
Negretti começou bem a A2 e perdeu espaço, mas é bom jogador. Lelo chega com moral após Robinho declarar que ele foi seu melhor marcador, além de ter feito boa campanha com o União São João no primeiro semestre. Juninho* e França* pegarão experiência e Tales se recupera de cirurgia.

MEIAS
Almir Dias faz o estilo canhotinho ciscador, mas está devendo bola desde que chegou – o mesmo vale para Willian Leandro. Aposto em Cleverson como craque desse time – é da confiança de Luciano Dias (ainda esta semana haverá um texto exclusivo sobre a expectativa neste jogador). Richard* e Natan* deverão aproveitar os Jogos Regionais para chamar a atenção.

ATACANTES
Rafael Aidar será o motivo de preocupação dos adversários, com sua correria. Já Adílson Souza, à sombra de Zé Carlos na A2, terá sua chance efetiva agora, mas com a concorrência de Paulo Roberto, forte no jogo aéreo. Leleco é outro atleta que precisa finalmente estourar, ao contrário do recém-promovido Wesley, mais focado na Copa SP de Juniores 2011.

Aproveito este primeiro texto sobre o Norusca no Canhota 10 para agradecer a gentileza do cartunista Gustavo Duarte, que autorizou o uso do mascote no site.

Dá-lhe, Norusca!