Categorias
Noroeste

O desafio de Vitor Hugo de salvar o Noroeste

O desafio de Vitor Hugo de salvar o Noroeste

retranca-ECN-A3Em 2014, ele não conseguiu. Não por sua culpa, pegou a batata quente, pelando, à beira do precipício. Agora, situação semelhante, sobretudo pelo elenco que tem em mãos. “Esse time não tem a minha cara”, disse o técnico Vitor Hugo, em entrevista ao Jota Augusto (Auri-Verde/Jornada Esportiva) logo após o empate contra o Guaratinguetá, por 2 a 2, na última quarta-feira.

Demitido durante a pré-temporada, por causa do jogo de interesses que se sobrepõe à bola em jogo — erro admitido pelo presidente Emilio Brumati —, Vitor Hugo foi enfático durante aquele período de testes de elenco sobre a qualidade duvidosa dos jogadores. Os que seguiram não devem ter se esquecido… Ele não tem o time nas mãos, mas precisa tirar o máximo desses atletas na reta final da Série A3, para salvar o Noroeste de outro tombo histórico para a Bezinha.

“Quando se pega o trabalho pela metade, não é fácil alertar. É complicado colocar seu estilo, sua cara no time, só na conversa. Com jogos quarta e sábado, é muito desgaste, tem que recuperar o físico dos jogadores e não dá pra treinar. Esse time não tem a minha cara, mas o jogador tem que render, independentemente disso. É com isso aí que temos que fugir”. Esse foi o relato sincero do treinador naquela entrevista. E a conversa aconteceu, de forma dura, nos últimos dois dias. Nem todos os jogadores assimilaram, essa boleirada de hoje em dia é muito melindrada… Precisam se dar conta que Série a A3 tem que ser uma passagem na carreira. Se estão se achando craques prontos e, portanto, que não devem dar ouvidos a cobranças, vão morrer na A3, não vão evoluir.

canhota-zapzap-blogAos que merecem carapuça, que repensem, sejam humildes, honrem o manto centenário do Noroeste e ajudem a conquistar as duas vitórias no Alfredão (neste sábado, contra o Fernandópolis, e na quarta, 30/mar, o Primavera), que são obrigação.

Parêntese: para deixar o registro, o Noroeste empatou com o Guaratinguetá jogando com Roni; Guilherme (Cassiano), Marcão Vieira, Herick Samora e Hipólito; Maicon Douglas, Rodrigo Menezes (Marcelo Santos), Alemão e Tuxa (Marcão); Ueslei e Everton.

Para o duelo contra o Fefecê, Marcão deverá entrar no lugar de Ueslei.

TORCEDOR, O NOROESTE PRECISA DE VOCÊ
Todo mundo no Alfredão, neste sábado, 16h, pra apoiar o time! Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente pelo preço promocional de R$ 10 na secretaria do clube, neste sábado, das 9h às 12h — rua Benedito Eleutério, quadra 3; sede da Torcida Sangue Rubro, rua Ângelo Cerigatto, 8-73. Telefone: (14) 9 9877-9445. As bilheterias abrem às 15h.

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *