Categorias
Noroeste

Noroeste: presidente da Avante, Rubro! faz balanço dos primeiros meses de atuação

Entrevista com o presidente da Avante, Rubro! faz balanço dos primeiros meses da Associação e revela o que vem pela frente

Fundada em 28 de fevereiro deste ano, a Associação Avante, Rubro! ainda é jovem, porém já acumula algumas conquistas. Para traçar um panorama desses primeiros meses e olhar para frente, o Canhota 10 conversou com o presidente da Avante, Diego Dias Silva — que fez questão de compartilhar as respostas com os colegas de diretoria, para alinhar o discurso. Essa turma não está de brincadeira e quer o bem do maior patrimônio esportivo de Bauru. Vale a pena conferir.

Que balanço você faz desses primeiros meses de Associação? O que está acontecendo dentro do esperado, o que ocorreu acima das expectativas e o que frustrou num primeiro momento?
“O balanço é positivo. Tivemos uma boa receptividade entre os apaixonados noroestinos, onde surgiu a iniciativa de criação da Associação, pela própria necessidade do clube. Dentro de nossos objetivos e metas traçadas, estamos indo bem. Conseguimos junto à Paschoalotto o patrocínio de 1.000 camisetas, com a Amantini Veículos 200 canecas e com outros colaboradores uma boa ajuda, como a compra de 100 camisetas pelo Grupo Mandaliti. Essa ajuda para nós foi o que buscávamos, mas nos surpreendeu, porque vimos que existem muitos que apenas esperam uma oportunidade de ajudar o Esporte Clube Noroeste, só que dentro de um quadro de diálogo e muita transparência. O que nos frustra ainda é a baixa participação dos noroestinos dentro da Associação [são 52, hoje], pois temos uma mensalidade apenas simbólica [R$ 15] e esperávamos uma adesão bastante superior à que temos.”

O ex-jogador Claudecir, volante revelado pelo Noroeste nos anos 1990, recebeu camisa da Associação e simpatizou com a iniciativa
O ex-jogador Claudecir, volante revelado pelo Noroeste nos anos 1990, recebeu camisa da Associação e simpatizou com a iniciativa

Houve uma receptividade inicial da diretoria do Noroeste. Essa porta segue aberta, existe um diálogo entre clube e Associação?
“A receptividade pela diretoria do Noroeste foi muito boa, e também nos surpreendeu de forma positiva, pois tínhamos receio de que não aceitassem a participação da Associação como parceiros dispostos ao fortalecimento do clube. Essa porta está aberta e somos os trabalhadores de última hora, que no momento em que a Executiva mais precisava, aparecemos para dividir as preocupações e ajudar no que for necessário. Temos conversado muito e estamos dispostos a sempre ampliar a participação na vida do Noroeste. Segundo palavras do próprio presidente do clube, a Associação veio no momento certo, e somos uns dos poucos que querem trabalhar e não exigem nada em contrapartida. Caminhamos juntos, pelo bem do Esporte Clube Noroeste. Ainda nesse quesito da receptividade pela diretoria do clube, um dos itens que ficou acordado, e ainda iremos firmar em contrato, é que a Associação Avante, Rubro! irá gerir uma parte do marketing do Esporte Clube Noroeste. Poderá buscar patrocínio para a Associação, em nome do clube, sendo que esses recursos obtidos serão totalmente revertidos ao Esporte Clube Noroeste, porém, através do caixa da Associação, que irá fazer a gestão desse capital. Aliás, todos os recursos financeiros da Associação, segundo disposições estatutárias, serão revertidos ao clube, porém, a gestão será feita pela Associação Avante, Rubro!

Associação também já procurou sensibilizar o poder público. Acima, reunião com o vereador Sakai
Associação também já procurou sensibilizar o poder público. Acima, reunião com o vereador Sakai

Outro acerto que temos é em relação à mudança do horário de jogo do Noroeste. Inicialmente, foi acertado na Federação para 10h, aos sábados. Porém, por considerarmos esse horário muito ruim, por diversos fatores, solicitamos a alteração para 15h30, no que fomos atendidos. Porém, nos comprometemos a auxiliar na venda dos ingressos, tendo uma carga de 100 unidades sob nossa responsabilidade. Isso é renda garantida ao clube. Agora no returno, iremos continuar com essa ação e solicitamos aos empresários noroestinos que se encarreguem da venda de pequenos lotes, que comprem esses ingressos e repassem para seus funcionários. O time precisa do apoio da torcida e o clube, da renda que virá, pois objetivamos o reforço do elenco, buscando o acesso para a A-3, que é nosso objetivo final para este ano. Para dar conhecimento, realizamos recentemente mais uma parceria, desta vez com a Stillo Materiais de Construção, desta vez para uma reforma no Complexo Alfredo de Castilho, sendo que este será pintado integralmente e o patrocínio está orçado em torno de R$ 30 mil.”

avante-loja
Reforma da loja do clube está avançada

Em que passo está a loja de produtos do clube? O que falta para finalizar e como as pessoas e as empresas podem ajudar?
“Quanto à loja, continuamos a reforma e nesta semana iremos concluí-la. Em uma de nossas ações, entramos em negociação com a Nizan (fornecedora de material esportivo) de Barra Bonita para a elaboração e confecção de novos uniformes para o time. Fechamos esse patrocínio, algo em torno de R$ 28 mil, e estaremos com o presidente do Noroeste para a assinatura o contrato. Assim que o novo uniforme estiver pronto, iremos inaugurar a Loja Oficial do Esporte Clube Noroeste, onde venderemos as camisas oficiais, uniforme completo, abrigos de inverno, uniforme de viagem e de treino, bandeiras, assim como todo o material da Associação, tais como camisetas, canecas, bonés e outras pequenas lembranças que não faltarão ao torcedor noroestino, tipo chinelo, chaveiro, capa de lata de cerveja, canetas e outros pequenos souvenirs. Os noroestinos poderão nos ajudar muito adquirindo esses produtos oficiais. E tudo o que for arrecadado será revertido integralmente ao clube.”

Canecas: apenas R$ 15
Canecas: apenas R$ 15

Camiseta e caneca estão tendo boa resposta? São hoje a principal receita?
“A receita da Associação, hoje, está alicerçada por esses itens. Já tivemos uma ótima procura por torcedores, tanto que tivemos um bom fluxo de caixa e já estamos trabalhando na confecção de outros itens (nonés e bandeiras) com a própria renda da Associação.”

Na esfera política, como a Associação tem se posicionado? Prefere não compor a diretoria agora? Quer participar ativamente da próxima eleição? Tem articulado com conselheiros para uma eventual chapa?
“Também dentro da receptividade da diretoria do Clube e do Conselho Deliberativo, recebemos uma proposta do presidente para ocuparmos o cargo de 2º Tesoureiro, mas declinamos. Foi-nos ofertada também uma vaga dentro do Conselho Deliberativo, sendo que também declinamos. Explicamos: é que preferimos trabalhar sem haver o comprometimento com a ciretoria, para termos a necessária isenção e autonomia em relação às ações desta. Acreditamos que existe muito desgaste entre as várias administrações e a Associação quer ter uma posição de liberdade de ações e ideias em relação a tudo que ocorre dentro do clube. Nossa proposta é trabalhar pelo Noroeste, dando completa e total satisfação a nossos associados, assim como aos torcedores e à cidade de Bauru. Sabemos o que queremos, assim como o que nossos parceiros esperam de nós. Nosso balancete é publicado mensalmente na fan page do Facebook e todos que quiserem tomar conhecimento de nossos atos é só entrar lá. Em relação ao Conselho Deliberativo, entendemos que não podemos passar por cima do Estatuto do Clube. E se aceitarmos o que nos foi ofertado, assim estaríamos infringindo o Estatuto. Não podemos exigir correção de outros se assim não procedermos. Temos interesse sim em participar da vida política do Esporte Clube Noroeste, mas ainda não estamos trabalhando nesse sentido. No momento, acreditamos que tirar o clube da Segunda Divisão é o mais importante. Ainda estamos em processo de fortalecimento, e antes de buscarmos participação dentro da Executiva, ou dentro do Conselho Deliberativo, temos que mostrar às pessoas que de forma obtusa acreditam que não servimos nem para sermos gandulas, ou que lugar de torcedores é na arquibancada, temos condições e capacidade de fazermos uma gestão empresarial — para isso, frequentamos faculdades, temos experiência profissional, somos empresários e, acima de tudo, respeitamos e somos apaixonados pelo Esporte Clube Noroeste. Sabemos o que somos, quem não sabe são esses que tentam nos ignorar, pois é mais fácil depreciar e descartar, do que responder às cobranças realizadas.”

Reunião com a diretoria noroestina: portas abertas
Reunião com a diretoria noroestina: portas abertas

Tenho sentido que alguns veículos de imprensa ainda “ignoram” a Avante, Rubro! A que você atribui isso e o que fazer para romper essa barreira?
“Também para nós é muito difícil aceitar alguns setores da imprensa, que deveriam ser isentos e apartidários, no entanto, são ligados a elementos por demais radicais dentro do clube. Não dão espaço ou até mesmo trabalham contra uma Associação que só busca o melhor para o Esporte Clube Noroeste e para a cidade de Bauru. Preferimos trabalhar em vez de ficarmos com conversas improdutivas ou de subirmos em palanques. Ações sempre falaram mais alto do que palavras. Se querem continuar nos ignorando, podem fazê-lo, nós iremos continuar com nosso trabalho. Somos uma instituição séria, composta por pessoas dispostas a buscar tudo o que for necessário para o fortalecimento de nosso glorioso Esporte Clube Noroeste, com muita credibilidade e transparência. Se houver identificação com estes propósitos, junte-se a nós e trabalhemos juntos para erguermos o nosso amadoclube. O Noroeste é de Bauru e seu maior patrimônio é, e sempre será, a torcida que o acompanha e se faz presente em todas as situações. O Noroeste é nosso. Avante, Rubro!”

Fotos: Divulgação Avante, Rubro!

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *