Categorias
Noroeste

Noroeste se aproxima do São Bernardo visando parceria

Presidente do São Bernardo vem a Bauru se reunir com o Noroeste. Na pauta, projeto social e jogadores

Na próxima sexta-feira, a diretoria do Noroeste irá receber Luiz Fernando Ferreira, presidente do São Bernardo (na fotomontagem acima, ao lado do presidente alvirrubro Emilio Brumati). Na pauta, o mandatário do clube do ABC, que está disputando a Série A-1 paulista, irá apresentar o projeto social Tigrinho, que envolve escolas, tem apoio da prefeitura de São Bernardo do Campo e apoio de universidade local — provavelmente para o clube bauruense fazer algo semelhante por aqui. Batendo o olho nas notícias do projeto, percebe-se que o lado humano é a prioridade, mas dali também podem surgir futuros craques, já que a molecada disputa torneios.

Além desse intercâmbio, do encontro entre Ferreira e a cúpula noroestina poderá surgir uma parceria envolvendo atletas — lembrando que o clube pode inscrever reforços até o dia 14 de março. Que o encontro traga bons frutos, seja positivo para o Noroeste.

Hora de vencer
Nesta quarta, o Alvirrubro disputa sua terceira partida na competição, recebendo o Flamengo no Alfredão, às 19h30. O time de Guarulhos ocupa a décima posição, com quatro pontos em três jogos. É bom ficar de olho no atacante Lucas Biselli, que já fez dois gols na competição. O Norusca precisa vencer para não perder o G-8 de vista, que pode até virar realidade depois que cumprir a partida em atraso, contra o lanterna Água Santa — será no dia 4 de março. Resta saber se Sato começará a partida com Douglas ou Rafinha na lateral-esquerda.

Reforços do Paraná
O lateral e o atacante do Paraná Clube são aguardado a qualquer momento no Complexo Damião Garcia.

Boa notícia
O colega Emerson Luiz, ao microfone da 94FM, divulgou que o clube acertou com os funcionários aqueles famosos salários atrasados de novembro, dezembro e décimo-terceiro de 2012! Realmente, uma boa notícia. Com jogadores da época, acordos foram costurados — eram outros patamares salariais — e as parcelas vêm sendo honradas. Mas para a turma que vive o dia a dia do clube, nada melhor do que sanar essa pendência.

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *