Categorias
Esportes

O que esperar de Neymar no Barcelona?

Craque Neymar deve ter sucesso no Barça. Entenda como.

Tenho uma birra muito grande dessa obsessão criada sobre o título de melhor jogador do mundo. Tudo culpa do Robinho — o ídolo de Neymar. Quando saiu do Santos para jogar no Real Madrid, citava esse objetivo em todas as entrevistas. Não falava em ganhar títulos ou estabelecer-se na Seleção Brasileira. Queria estar no topo da boleirada.

Pois é, Robinho não conseguiu. Resultado? Há quem pense que sua passagem pela Europa é um fracasso. Tudo por conta da imensa expectativa que ele mesmo criou. E o Rei das Pedaladas não foi um fiasco por lá. Teve seus momentos de auge no Real Madrid, no Manchester City e, sim, também no Milan, contribuindo com uma conquista do Italiano. E, vale lembrar, nos quatro anos de Dunga na Seleção, ele foi quem mais atuou e também um dos artilheiros do time. Mas vai ficar essa mancha.

Agora é a vez de Neymar. Mais calejado, preparado para o estrelato, o menino mandou bem logo em sua apresentação. Disse querer ajudar Messi a continuar sendo o melhor do mundo. Esperto, o garoto. Afinal, quem pode conquistar o mundo é seu desempenho jogando, e não falando. E se não levar esse troféu individual para casa, tanto faz. Vale muito mais uma Copa do Mundo. E ele já provou ser capaz de protagonizar jogos de alto nível com a amarelinha, na conquista da Copa das Confederações.

Então, hora de deixar o menino à sombra de Messi. Quando menos esperarem, seus golaços estarão pipocando nas redes sociais — até porque, as defesas dos times espanhóis são muitíssimo generosas… Penso que Neymar fará o mesmo estrago por lá que fizeram Romário, Ronaldo, Rivaldo e Ronaldinho. É só ter um pouco de paciência.

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *