Categorias
Bauru Basket

Rafael Monclova se despede do Bauru Basket satisfeito

Técnico Rafael Monclova se despede de intercâmbio no Bauru Basket e gostou do que viu. Confira entrevista

Após conhecer Guerrinha e Lula Ferreira na viage dos dois à Espanha, Rafael Monclova, treinador do time cadete do Sevilla, aceitou o convite para vir ao Brasil para compartilhar um pouco da escola espanhola do basquete. Foram 15 dias entre os francanos, outros 15 em Bauru. E uma rápida passagem por São Sebastião do Paraíso para acompanhar partidas da Liga de Desenvolvimento (LDB).

O treinador espanhou saiu satisfeitíssimo da experiência no Brasil. Ele falou com o Canhota 10. Confira.

Guerrinha e Lula
“São grandes treinadores, preocupados em melhorar suas equipes e melhorar o basquete como um todo. É sempre bom que treinadores dessa qualidade busquem se aperfeiçoar.”

O intercâmbio
“É minha primeira vez no Brasil e foi uma grande experiência, conhecer o basquete daqui, outra metodologia, outra cultura. Além de ser uma experiência pessoal importante.”

Primeira impressão do Bauru
“O time vai ganhando forma aos poucos. Mas o Guerrinha tem um bom elenco nas mãos, competitivo. Gente que trabalha duro.”

O novo garrafão bauruense
“Os pivôs trabalham muito bem. São disciplinados, querem melhorar. Fizemos muitos trabalhos individuais, técnicos e táticos. Trabalhamos o jogo sem bola, que foi bem desenvolvido, e pode garantir pontos a mais. Com a intensidade e qualidade que mostraram, com a gana de melhorar, formarão um garrafão muito sólido.”

Mais um torcedor
“Vou seguir pela internet o desempenho de Bauru e Franca. Espero voltar outra vez, ver partidas ao vivo, com torcida… Agora sou mais um dos torcedores de Bauru e Franca.”

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *