Categorias
Bauru Basket

Sul-Americana: Bauru vence Mogi em Mogi e termina líder!

Paschoalotto Bauru supea Mogi, enfrentará o Malvin-URU na semi da LSB e segue invicto. Torcida vive expectativa do anúncio da sede do Final Four

A torcida local fez barulho, o time da casa até teve lampejos, mas o Paschoalotto Bauru confirmou seu favoritismo e terminou na liderança do grupo F, ao vencer Mogi por 91 a 78. Se o time de Paco García não contou com Shamell e Alemão, contundidos, Guerrinha se deu ao luxo de poupar Jefferson William e deixar Alex Garcia apenas 7min58 em quadra. Agora, o Dragão encara o Malvin, do Uruguai, na semifinal, enquanto Mogi pega o Boca Juniors. O Final Four será disputado dias 25 e 27, com sede a ser anunciada.

Para resumir a vitória bauruense:

• A grande menção da noite vai para Wesley Sena (foto). O jovem pivô teve 19min em quadra, anotou 15 pontos, pegou três rebotes e deu dois tocos. Tem personalidade, o moleque.

• Também vale comemorar muito a boa partida de Larry Taylor. O Alienígena tem oscilado bastante, mas sempre nos lembra que ainda é utilíssimo ao time.

Robert Day (ou “Roberdei”, na apressada pronúncia brasileira, rs) foi menos assombroso nos chutes de fora, mas fez belo trabalho interno, incluindo uma bela infiltração.

• O capitão Ricardo Fischer comandou o triundo, com a maior eficiência (23).

Mathias não pontuou, mas pegou oito rebotes, deu três assistências e, claro, deu um toco.

Do lado mogiano, impressionou a pontuação de Pedro Macedo (23 pontos), enquanto Tyrone foi muito disceto e Paulão Prestes perdeu o duelo contra Hettsheimeir — lá se foi sua dominância no garrafão em solo brasileiro…

ABRE ASPAS
“Foi uma ótima partida, conseguimos dar tempo de jogo para os que vinham jogando menos e poupar o pessoal com mais tempo de quadra. A equipe soube jogar e se portar com o revezamento e fez um ótimo trabalho”, comentou o técnico Guerrinha, via assessoria.

“Jogamos com determinação e conquistamos nosso objetivo. Todos estão de parabéns”, comemorou o armador Ricardo Fischer.

NUMERALHA
Ricardo Fischer: 21 pontos, 5 assistências
Larry Taylor: 18 pontos, 6 rebotes, 4 assistências, 2 roubadas
Robert Day: 18 pontos, 6 rebotes
Wesley Sena: 15 pontos, 3 rebotes, 2 tocos
Rafael Hettsheimeir: 8 pontos, 7 rebotes
Thiago Mathias: 8 rebotes, 3 assistências

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *