Categorias
Bauru Basket

Bauru Basket perde em jogaço contra o Pinheiros e deixa a ponta do Paulista

Paschoalotto Bauru faz grande partida contra o Pinheiros, mas vacila no fim e deixa a ponta do Paulista

Foi um jogão. Com alternância de liderança no placar, vantagens esticadas e retiradas, triplo-duplo de Larry Taylor, alta pontuação de Murilo, Gui confiante… Só faltou mesmo a vitória, que não veio por vacilos nos momentos finais: deu Pinheiros, 95 a 91. Assim, o Paschoalotto Bauru, com 13 vitórias em 16 jogos, deixa provisoriamente a liderança do Campeonato Paulista — São José bateu Franca e chegou a 14 vitórias, mas com um jogo a mais, já que a partida do Dragão com o Palmeiras foi adiada, por falta de luz no ginásio alviverde, no último sábado. No próximo, dia 28, às 19h, a equipe encerra sua jornada fora de casa encarando o Mogi.

O jogo
Nesse jogo de arrancadas na pontuação, a primeira foi do Bauru Basket, comandado por Gui. O time alvilaranja abriu vantagem, mas as bolas de Paulinho e Shamell começaram a cair, o Pinheiros virou e venceu apertado o primeiro quarto: 24 a 23. No segundo, foi a vez dos donos da casa esticarem, a ponto de abrir 14 pontos de vatangem, principalmente em bolas de Tavernari. Bauru reagiu, mas não a ponto de evitar a boa parcial de 26 a 18, que resultou em placar de 50 a 41 a favor dos pinheirenses na primeira metade do jogo.

Na volta do intervalo, uma reação digna de líder. Murilo e Larry chamaram o jogo. Resultado: fração de 23 a 31 e Bauru na frente no terceiro quarto, 73 a 74. No último período, com as bolas certeiras de Gui e bons lampejos do argentino Barrios, o Dragão caminhava para a vitória. Mas Pinheiros não desistiu, explorou os erros e eu o bote nos segundos finais, quando Tischer desperdiçou lance livre e Gui errou uma saída de bola. Somado a isso, Guerrinha e companhia reclamaram da marcação de falta de ataque Murilo, eliminado com cinco faltas. Lances que decidiram a virada dos campeões das Américas. E Bauru trocou a chance de empatar e levar para a prorrogação por afoito chute de três do Alienígena… Final, 95 a 91, em quarto vencido pelos comandados de Mortari por 22 a 17, em excelente reação.

Números
Larry Taylor fez triplo-duplo, com 17 pontos, 12 assistências e 11 rebotes. Murilo foi o cestinha, com 29 pontos (e pegou sete rebotes). O ala Gui Deodato voltou a pontuar de forma significativa, com 22 pontos.

Abre aspas*
“Foi um grande jogo, lamentavelmente não pudemos ganhar. Mas estamos num bom caminho. Temos que ficar tranquilos e trabalhar muito. Em Mogi, vai ser um jogo muito mais difícil que esse, mas temos que estar com cabeça fria e coração quente para vencer”, versou o ala-pivô Fabián Barrios.

“Perdemos no erro da arbitragem… Foi ridículo. Era para nós estamos atacando a última bola. Tivemos o brilho de buscar o jogo no segundo tempo, vacilamos no final, mas perdemos por causa da arbitragem. A maioria dos árbitros está começando num campeonato tão importante quanto o Campeonato Paulista”, lamentou o pivô Murilo.

“A derrota foi por uma série de coisas. Erramos bolas nos minutos finais. Mas a arbitragem influenciou, sim. Foi fraca e decisiva para o jogo. No segundo tempo, o time mostrou-se efetivo, lutou bastante. Tem que pegar esse segundo tempo e levar para Mogi. Tem muita coisa pela frente e a gente vai aprendendo”, analisou o técnico Guerrinha.

*entrevistas cedidas ao repórter Chico José (Auri-Verde/Jornada Esportiva)

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *