Categorias
Bauru Basket

Bauru 1, Franca 0: passeio de domingo

Paschoalotto Bauru construiu vitória tranquila por 85 a 67 sobre Franca na abertura das semi do Paulista

Colocar 18 pontos de vantagem numa partida de playoff não é algo fácil. Mas o Paschoalotto Bauru, com atuação inspirada, transformou o jogo em um passeio de domingo — bem quente! A Panela ferveu, a galera apareceu e vibrou com o brilho coletivo dos guerreiros. Ninguém atuou mais do que 30 minutos na vitória de 85 a 67 sobre Franca, na abertura da série semifinal do Campeonato Paulista.

Cansado pela maratona que só tende a aumentar nos próximos dias, o Dragão compensou o desgaste com ritmo de jogo e bom revezamento. Quem entrou, deu conta do recado. O armador Luquinha, durante os 3min em que esteve em quadra, movimentou-se bem. Fabian Barrios dispensa elogios, está cada vez melhor. Fernando Fischer segue caligrado e Andrezão vai voltando ao bom momento do início da temporada, após a contusão na coxa. Entre os titulares, apenas Gui destoou, com apenas três pontos, mas o importante trabalho defensivo de sempre.

Ainda sem saber se a Liga Nacional irá adiar as partidas de quinta (dia 14, contra o Palmeiras) e sábado (16, Pinheiros) do NBB, Bauru trabalha um jogo de cada vez, e o foco está na partida desta segunda (às 20h), para abrir vantagem sobre os francanos e tentar fechar a série no Pedrocão (quarta e, se necessário, quinta), o que seria um feito e tanto.

Perceba que existe a possibilidade de Bauru ter dois jogos na quinta-feira, uma aberração do calendário basqueteiro, por pura birra entre LNB e Federação Paulista… Que a FPB é um atraso, tamanha a desorganização, a gente já sabe. Ela não sabe cuidar do produto basquete. Mas a Liga, que tem feito bom trabalho, poderia ceder nessa queda de braço besta, mostrando toda a sua preocupação em preservar seus afiliados.

Abre aspas*
“Foi uma linda vitória. Todos querem lutar e essa é a melhor maneira de a equipe jogar”, disse o ala-pivô Fabian Barrios.

“Eles vão vir com outra postura no segundo jogo. Vamos manter o foco”, avisou o pivo Murilo.

“É uma vitória que não retrata o equilíbrio da série, mas se for sempre assim, tomara que sim e vamos fechar. É que nós jogamos muito bem e tiramos os pontos positivos de Franca”, avaliou o técnico Guerrinha.

*entrevistas concedidas a Rafael Placce (Jornada Esportiva/Auri-Verde)

Números
Lucas Tischer: 16 pontos, 9 rebotes
Larry Taylor: 15 pontos, 4 rebotes
Fabian Barrios: 14 pontos, 4 rebotes
Murilo: 9 pontos, 4 rebotes
Ricardo Fischer: 9 pontos, 8 assistências
Fernando Fischer: 9 pontos

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *