Categorias
Vôlei Bauru

Contra o Sesi, Vôlei Bauru começa mal o Paulista

Concilig Vôlei Bauru estreou com derrota no estadual, no ginásio do Sesi, na capital

retranca-paulista-voleiA vitória nem era a maior das expectativas na estreia do Concilig Vôlei Bauru no Campeonato Paulista. Mas levar para a quadra muitos elementos do longo período de preparação das meninas. Em nenhum dos pontos, as bauruenses tiveram êxito. Perderam para o Sesi por 3 a 0 (parciais de 25 a 14, 25 a 21 e 25 a 22), na capital paulista, e não desenvolveram um bom jogo. Vale lembrar que a estreia, previamente marcada para o dia 25/ago, foi antecipada para esse dia 22.

“Nós não conseguimos jogar nem 10% do que vínhamos apresentando nos treinos. Estávamos perdidas em quadra em alguns momentos da partida. Precisamos nos reunir e analisar o que aconteceu para que esses erros não se repitam no próximo jogo”, disse a ponteira Mari Cassemiro, via assessoria.

“No primeiro set, nós não entramos em quadra, fomos muito mal. Demos 12 pontos de erros de ataque, não pode acontecer, é difícil ganhar um jogo assim”, lamentou o técnico Chico dos Santos, em entrevista ao repórter Chico José, no ótimo trabalho da Auri-Verde 760AM/Jornada Esportiva de trazer informações direto do ginásio da Vila Leopoldina durante a transmissão de Limeira x Bauru Basket.

O treinador bauruense foi ainda mais incisivo ao comentar o mau desempenho da craque e capitã do time, a levantadora Ana Tiemi: “Temos que continuar o trabalho e ajudar a Ana Tiemi a crescer, pois hoje ela está muito abaixo. Chegou da Seleção muito mal e espero que até o final do Paulista ela esteja melhor. Vamos trabalhar muito forte com ela”, avisou.

Do lado adversário, o técnico Talmo de Oliveira valorizou a equipe de Bauru. “Para a primeira partida do Paulista, contra o Bauru, que é um time bem organizado, bem treinado, nós fomos muito bem, conseguimos neutralizar os pontos fortes e tivemos um bom resultado”, comentou, via Agência Indusnet Fiesp, o ex-jogador da Seleção, que não contou com as estrelas Fabiana e Jaqueline.

Nessa primeira fase do estadual, de tiro curtíssimo (seis partidas), vale mesmo é ajeitar o time. Com o Osasco garantido nas semifinais, as outras seis equipes disputam quartas a partir da classificação. O ideal é não ficar em quarto ou quinto lugar, pois desse chapéu sai o adversário de Osasco.

A próxima partida do Vôlei Bauru é na Panela, dia 28 (sexta), às 19h30, contra São Caetano.

 

Foto: Fábio Barbosa/Vôlei Bauru

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *