Categorias
YouTube

12 gigantes do futebol brasileiro: na história, não no presente

É questão de almanaque: todo mundo sabe de cor os 12 gigantes do futebol brasileiro. Esse seleto grupo tem lugar cativo na primeira prateleira da história, mas as forças mudaram. Há grandes diminuindo e novos clubes com mais poder (econômico e competitivo). Confira a reflexão de Fernando Beagá:

O que significa a negociação do Real Madrid por Reinier? Assista!

Visite o canal do CANHOTA 10 no YouTube e inscreva-se!
Categorias
São Paulo YouTube

Tiago Volpi em definitivo resolve problema do gol do São Paulo

À procura de um goleiro confiável desde 2016, o São Paulo encontrou em Tiago Volpi a solução para a lacuna deixada por Rogério Ceni. Confira a opinião de Fernando Beagá:

Visite o canal do CANHOTA 10 no YouTube e inscreva-se!

Categorias
tabela

Tabela da Copa Libertadores da América 2016

Confira as partidas da fase de grupos da Libertadores 2016

libertadores-grupo 1-grupo 2

libertadores-grupo 3-grupo 4

libertadores-grupo 5-grupo 6

libertadores-grupo 7-grupo 8

É rapidinho! Clique aqui
É rapidinho! Clique aqui
Categorias
Esportes

A crise do São Paulo

Dez dos 12 grandes clubes brasileiros já ganharam a Libertadores. Faltam apenas Botafogo e Fluminense. O dia de glória deles pode chegar. Afinal, os últimos campeões, Corinthians (2012) e Atlético Mineiro (2013) carregavam uma sina tão grande que suas conquistas pareciam inimagináveis. Mas são clubes poderosos, de massa, chegaram lá.

Falamos da glória. Cheguemos à outra ponta. O inferno. Sete dos 12 grandes já foram rebaixados no Campeonato Brasileiro. Faltam sentir esse gosto amargo: Cruzeiro, Flamengo, Internacional, Santos e São Paulo. Todos, menos o Tricolor paulista — ou pelo menos não me recordo –, já escaparam em rodadas finais, flertaram seriamente com a segundona. Cedo ou tarde, o dia deles também chegará.

E o São Paulo, exatamente o time que me falha a memória vê-lo sofrendo no fundo da tabela, hoje corre sérios riscos de cair. Impensável até outro dia ver o estruturado e moderno clube paulistano numa situação dessas. Creditava-se o hegemônio tricampeonato nacional e 2006 a 2008 por causa da organização. Mas esse modelo, esse exemplo, se foi. A boa estrutura segue, mas a política está em ruínas. Quando Juvenal Juvêncio resolveu virar ditador. Quando o hábito de acreditar no trabalho de longo prazo de treinadores deu lugar ao preguiçoso exercício de demitir. Quando as contratações, antes pontuais e certeiras, ficaram numerosas e equivocadas.

Erros nada diferentes do que o dos outros clubes. É que tudo era certinho demais no São Paulo e beirou a arrogância. Agora, justamente na reta final da incontestável gloriosa carreira de Rogério Ceni, um golpe desses. É cedo, dá tempo de o capitão e seus colegas salvarem a campanha tricolor. Mas, desde que todos aprendam lições. Até porque, não é preciso cair para arrumar a casa. É o jeito mais dolorido, funciona (vide o Corinthians pós 2007 que ganha tudo hoje), mas não precisa ser assim.

Do mesmo jeito, sobreviver na elite não é sinônimo de eficiência. O endividado Flamengo está aí como a maior prova, com um título em 2009 que foi uma bela exceção em meio a sufocos em campo durante décadas de amadorismo na gestão de seu futebol.

Dá tempo, São Paulo. Mas tem faxina pela frente, com ou sem queda.

Categorias
Vídeos

De volta ao BD na Arquibancada!

Passada a correria, Fernando BH reencontra Júlio Penariol e… Alexandre ‘Mira’ Moreno

Eu sempre digo que o mês de abril me esfola vivo. Editar guias e tabelas do Brasileirão é prazeroso, mas leva tempo. Assim, não pude estar nas três últimas edições do Bom Dia na Arquibancada. De volta nessa terça (26/4), tenho o prazer de reencontrar o colega Alexandre Moreno, agora comandando a rede em São Paulo, de passagem por Bauru. Assista!

Programa faz balanço das semifinais do Paulistão e da reta final da A-2

Elite tem apenas os quatro grandes na disputa pelo título

Agência BOM DIA

Com a visita do jornalista Alexandre Moreno, coordenador da CEC (Central de Edição Compartilhada) do BOM DIA, e a volta do jornalista Fernando BH, do site Canhota10.com e colunista do BOM DIA, o BOM DIA na Arquibancada desta terça-feira, 26 de abril, faz um balanço das semifinais do Paulistão.

Como já era de se esperar, apenas os quatro times considerados grandes continuam na disputa pelo título de 2011. Palmeiras e Corinthians se enfrentam em uma semifinal – será que Valdívia vai se arriscar a dar seus chutes no ar diante do rival? Veja o que os integrantes da mesa acham -, enquanto São Paulo e Santos brigam por outra vaga – quem vai desequilibrar? Neymar? Dagoberto? Ilsinho? Ganso? Confira nossa opinião.

Na Série A-2, fim da linha para Rio Preto e São José, que perderam no fim de semana e deram adeus à chance de voltarem à elite. Dos times das cidades onde o BOM DIA atua, Catanduvense e Atlético Sorocaba continuam na luta pelo acesso. O programa mostra o que cada equipe precisa fazer para avançar.

Deixe seu comentário na página do BOM DIA e concorra ao prêmio. E todos que comentarem concorrem ainda à camisa do seu time no fim do Paulistão, que começará a ser sorteada no dia 29 de abril.

Clique aqui para assistir aos programas anteriores.

1º bloco

2º bloco