Categorias
Noroeste

Sangue Rubro: 28 anos de teimosia

Torcida Sangue Rubro comemora quase três décadas de dedicação ao tradicional clube de Bauru. Canhota 10 esteve na festa

Não é só o Noroeste que é teimoso, como diz Paulo Sérgio Simonetti no título de seu livro. Sua torcida também é. Não é fácil correr atrás desse time, cada vez mais nas currutelas, sofrendo com a decadência dessa camisa centenária. Mas a Sangue Rubro, fundada em 1986, segue firme e forte. E animada para festejar seus 30 anos em 2016.

Na tarde do último domingo, a Sangue realizou sua confraternização anual. Como sempre, falamos muito de Norusca, relembrando o passado glorioso e preocupados com o futuro a curto prazo. Mas era dia de festa e foram mais risadas do que rugas na testa. Agradeço o convite e a receptividade da turma: Pavanello, o eterno diplomata da agremiação, o diretor financeiro João, o presidente Gustavão e toda a galera.

Foi uma resenha muita boa e reafirmei uma certeza, a de que o Noroeste existirá enquanto esses torcedores existirem. Há muita gente de arquibancada que gosta mais da própria torcida do que do time — uma autoexaltação bem chata, diga-se. Na Sangue, não, o Alvirrubro vem primeiro. Dá pra ver nos olhos deles o escudo noroestino.

A Sangue Rubro gosta tanto do Noroeste que paga esse preço, ao ser questionada por sempre dar um voto de confiança às gestões do clube. Mas ninguém pode esquecer que um dos mais fervorosos episódios políticos do clube, recentemente, ocorreu lá na sede da organizada, quando houve um verdadeiro debate entre Buzalaf e Rino.

Que a Sangue siga forte, para seguir amando e empurrando o Norusca!

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *