Categorias
Noroeste

Noroeste goleia, aproxima-se do acesso e convoca torcida!

Ao vencer o Lemense por 4 a 0, Noroeste mantém vice-liderança do grupo e precisará de todo apoio no Alfredão dia 24, às 10h

retranca-bezinhaFalta um, diria o velho Zagallo. O Noroeste venceu o Lemense, fora de casa, por 4 a 0, manteve-se na vice-liderança do grupo 4 da Bezinha e está a uma vitória de retornar à Série A-3 do Campeonato Paulista. No próximo domingo, 25/out, às 10h, o estádio Alfredo de Castilho tem que ficar pequeno, tingido de vermelho, para a torcida empurrar o Norusca nessa última tarefa.A diretoria noroestina já articula conversas para que o futebol amador da cidade não tenha rodada no domingo de manhã, inclusive. Boa medida. O adversário, o Fernandópolis, já garantiu sua vaga, mas vai lutar pela classificação à final da competição, portanto, não vai dar moleza.

A goleada foi fundamental. O Alvirrubro, com 16 pontos, chegou a um saldo de sete, enquanto a Inter de Bebedouro (14 pontos), tem um de saldo. Se empatar com o Fernandópolis, o ECN chega a 17 pontos e mantém os sete de saldo. Já a Inter recebe o Lemense em casa e deve golear: chegará aos mesmos 17, com o mesmo número de vitórias (cinco) e precisará de sete gols de diferença para conquistar a vaga. Se ganhar de seis, aí as contas ficam no pente fino: se vencer de 6 a 0, mas o Norusca empatar em 1 a 1, o time de Bauru terá mais gols marcados (19 contra 18). Se empatarem nesse critério de gols pró, o próximo é menor número de cartões amarelos — item para o time ficar atento no último jogo.

Mas, quer saber? Com o Alfredão cheio e com sangue (rubro) nos olhos, o Esporte Clube Noroeste vai bater o Fefecê, garantir o acesso e ainda disputar o título da Série B. Fica a convocação de todos os noroestinos não marcarem nenhum compromisso no próximo domingo!

O JOGO
O primeiro tempo foi pegado, com o Lemense endurecendo a partida, com o brio que lhe restava… Entretanto, para ir para o vestiário com a tranquilidade necessária, o Alvirrubro abriu o placar aos 16min, com Ian (improvisado no meio-campo), que pegou rebatida na entrada da área e finalizou com precisão.

Na segunda etapa, o Lemense assustou com Murilo, atacante ciscador que, ainda bem para os rubros, foi expulso mais tarde. O alívio veio aos 24, quando o artilheiro Hygor Silva não negou fogo: encarou a marcação, driblou e bateu cruzado, marcando seu 21º gol na competição. Rendido, o time da casa não teve pernas para evitar a goleada, consumada no fechamento das cortinas com Sávio (de falta), aos 39, e Alisson Pirinha, o craque do time ao lado de Hygor, que complementou de chapa bela troca de passes aos 43.

ABRE APAS
Depoimentos ao repórter Jota Augusto, da Auri-Verde 760AM

“Conseguimos impor nosso ritmo e chegar ao resultado. Agora só depende de nós”, resumiu o volante Luiz Azevedo.

“Soubemos impor nosso jogo e o resultado está aí. Estamos com o intuito de conseguir a vaga dentro de casa e ir para a decisão”, avisou o lateral Sávio, que cresceu muito na reta final.

“Nós demos apenas uma chance para a equipe adversária, quase tomamos o gol. Mas, no geral, foi uma partida boa. Perdemos muitos gols, pois precisamos de saldo. Mas vamos pensar em vitória, o grupo assimilou o que temos trabalhado. Foi uma grande vitória, que nos coloca numa posição boa. Agora precisamos da torcida no domingo para fazer a festa em Bauru”, analisou o técnico Vitor Hugo.

O Noroeste goleou jogando com Aranha; Alisson Pirinha, Rafael Pontoli, Marcelinho e Sávio; Alison José, Luiz Azevedo, Ian e Léo Cunha (Gustavo Henrique); Edson Negão (Marcelo Santos) e Hygor Silva (Rafael Melauro).

 

Foto: Cristiani Simão/Jornada Esportiva

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *