Categorias
Esporte de Bauru

Bauruenses de coração são talentos do tênis de mesa

“Bauruenses” Giovanna e Karin trilham caminho vitorioso no tênis de mesa, incentivadas pelo pai, o também esportista Gustavo Tsumura

Este post reverencia não um, mas três esportistas bauruenses. Um nascido na terra do sanduíche e suas filhas, paulistanas, que herdaram a paixão sem limites do pai.

Gustavo Tsumura hoje mora na capital paulista, mas não perdeu o vínculo com Bauru — seus pais, Hiroshi e Mieko, ainda residem aqui. Sempre que vem à cidade, procura acompanhar o Noroeste e o Bauru Basket. De longe, informa-se pela nossa imprensa, incluindo este Canhota 10.

Na juventude, Tsumura jogou basquete na Luso e tênis de mesa pelo Nipo e representou a cidade em Jogos Regionais e Abertos. Daquela época, nutriu grande admiração pelo técnico de basquete Antônio Carlos Barbosa, a quem chama de ídolo. “Tive o privilégio de vê-lo comandando  as meninas do BTC (Suzete, Simone, Vânia Teixeira, Fátima, Solange… que timaço!) e também a Seleção Brasileira. Mas o fato marcante foi em 1986, em Dracena, quando ele era secretário de esportes de Bauru. Numa semifinal contra Araçatuba no tênis de mesa, estávamos perdendo por 4 a 2 e ele, mais do que ninguém, acreditava numa virada e fez com que todos também acreditassem. Final de jogo: Bauru 5 a 4 e depois, na final, Bauru 5 a 1 em Tupã. Tinha acabado de completar 16 anos e foi um dos presentes inesquecíveis que ganhei…”, conta.

As filhas de Gustavo, Giovanna, 13 anos, e Karin, 10, nasceram em São Paulo. Entretanto, visitam sempre os avós e se sentem bauruenses. Por isso, não têm limites: já romperam fronteiras atrás de medalhas. Puxaram o talento do pai e também são mesatenistas. Apesar de estarem federadas por um clube da capital, sempre que podem defendem Bauru em competições regionais.

Giovanna e Karin treinam na Ateme, academia de renome do tênis de mesa, onde são orientadas por Maurício Kobayashi, ex-treinador das lendas Claudio Kano e Hugo Hoyama. As meninas acumulam conquistas. Confira as mais recentes, de 2013:

Giovanna no alto do pódio em sua mais recente conquista, em Lorena
Giovanna no alto do pódio em sua mais recente conquista, em Lorena

GIOVANNA TSUMURA
Campeã da etapa Maringá da Copa Brasil, categoria rating H (junho)
Campeã da terceira etapa do Ranking paulista, categoria mirim (junho)
Vice-campeã da quarta etapa do Ranking paulista, categoria mirim (agosto)
Campeã da quinta etapa do Ranking paulista, categoria mirim (setembro)

Karin, de azul, no pódio do Sul-americano
Karin, de azul, no pódio do Sul-americano

 

KARIN TSUMURA
Campeã da etapa Santos da Copa Brasil, categoria pré-mirim (abril)
Convocada para semana de treinamentos de talentos jovens da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), na Áustria (maio)
Campeã da etapa Maringá da Copa Brasil, categoria pré-mirim (junho)
Medalha de bronze no Campeonato Sul-Americano, categoria sub-11 (julho)
Terceira colocada da quarta etapa do Ranking paulista, categoria mirim (agosto)

De quebra, Karin é líder do ranking brasileiro na categoria pré-mirim. Não é difícil imaginar que essas meninas trilham um caminho que pode chegar a um Pan-Americano, uma Olimpíada.

Giovanna (2) e Karin (3, de vermelho) no pódio na Panela de Pressão: momento especial. Foto: Arquivo pessoal
Giovanna (2) e Karin (3, de vermelho) no pódio na Panela de Pressão: momento especial

Na Panela
A quarta etapa do Ranking Paulista foi disputada em Bauru, no ginásio Panela de Pressão, no último dia 17 de agosto — eu bem que vi aquele monte de mesas de “pingue-pongue” no ginásio, quando cheguei para cobrir Bauru Basket x Mogi… “Foi uma etapa diferente, pois elas jogaram num ginásio em que estão acostumadas a estar na torcida. Dessa vez, eram as protagonistas. Foi bom também por contarem com o apoio dos avós corujas”, conta Gustavo. Um momento significativo para a família Tsumura que, pelo visto, há de comemorar ainda consquistas — medalha no peito, Bauru no coração.

 

Esportista bauruense, quer compartilhar suas conquistas? Envie e-mail para fernandobh@canhota10.com. Será um prazer contar sua história!

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *