Categorias
Bauru Basket

Mais desfalcado ainda, Bauru Basket sofre contra o Pinheiros

Com time incompleto, molecada do Bauru Basket não teve forças para fazer frente ao Pinheiros

retranca-Paulista copyOs meninos do Bauru Basket tiveram seu terceiro tijolinho colocado neste Campeonato Paulista. O mais complicado de assentar até aqui. Contra os experientes gringos Bennet e Holloway e o escolta Neto (cestinha do último NBB), era sabido que a defesa bauruense sua maior dificuldade até aqui. O que complicou mais, entretanto, foi a capacidade de atacar, sobretudo depois da contusão do armador Stefano Pierotti durante a partida. Assim, o placar de 70 a 45 para o Pinheiros, que jogou em casa, não foi assustador, se analisado o contexto.

O pequeno argentino é o único “armador puro” à disposição do técnico interino Hudson Previdelo neste momento, pois Gui Santos está contundido e Valtinho ainda está em pré-temporada. Ele sentiu uma lesão na panturrilha direita no segundo quarto da partida, o que comprometeu a construção das jogadas do Dragão — que fez um primeiro quarto parelho, 21 a 15 para os pinheirenses.

Enfim, dentro da proposta do uso do elenco sub-19 como base neste início de estadual — e ainda assim desfalcado de Gui Santos, Gabriel Jaú e Felipe Smith —, não se deve cobrar vitórias, muito menos se comover com o tamanho das derrotas. Apenas torcer para que, de fato, a molecada evolua técnica e fisicamente durante esta excelente oportunidade.

Na torcida para que não tenha sido nada com o Boludinho, que já preocupa o treinador. “Armador no basquete é uma posição que não dá pra improvisar. Então o time ficou limitado, desorganizado em quadra, não conseguiu atacar. Mas é um aprendizado. Éurgente o Stefano melhorar, senão vai ficar bem difícil. Nossa preocupação é evoluir o time, mas sem o Stefano a tendência é um placar elástico. O Valtinho não está pronto fisicamente, precisa de pelo menos mais dez dias. Temos que trabalhar para minimizar essa ausência”, lamentou Hudson Previdelo, em entrevista pós-jogo ao repórter Lucas Rocha, da Auri-Verde 760AM/Jornada Esportiva..

O próximo desafio do Bauru é outra pedreira: o Paulistano, também na capital, no sábado, 6/ago, às 18h.

NUMERALHA
Maicão: 14 pontos, 4 rebotes, 4 tocos
Eltink: 10 pontos, 8 rebotes, 3 assistências, 1 toco
Júnior: 6 pontos, 8 rebotes, 2 tocos
Henrique: 5 pontos, 5 rebotes
Renan: 3 pontos, 4 rebotes, 2 assistências
Stefano: 2 pontos, 3 rebotes, 2 assistências

 

Foto: Caio Casagrande/13 Comunicação/Bauru Basket

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *