Faggiano: “Não cheguei a um acordo com Bauru”

Está difícil encontrar um armador. Depois de esfriarem as conversas com Paulinho Boracini, que está com uma pedida salarial alta, o Paschoalotto Bauru não chegou a um acordo com o argentino Lucas Faggiano, reserva do Boca Juniors.

A negociação, revelada pelo colega Luiz Lanzoni no programa Jornada Esportiva (Auri-Verde 760AM, de terça a sexta às 20h), não avançou. Faggiano era um ótimo nome para o que pretende o Dragão para a posição: um bom reserva para Ricardo Fischer (ele fechou a liga argentina com médias de 9,8 pontos e 2,5 assistências em 25min em quadra).

“Não assinei com Bauru. Não chegamos a um acordo financeiro”, resumiu ao Canhota 10 o jogador argentino, via zapzap. O diretor técnico Vitinho Jacob confirmou a informação.

PACIÊNCIA, TORCEDOR
A galera está ansiosa, mas pode poupar as unhas. A diretoria não tem pressa em encontrar um novo armador. Tem um teto para gastar e não vai fazer loucuras. Paulinho Boracini segue na pauta, desde que entre nessa realidade orçamentária. Outros nomes que atuam na Argentina, incluindo norte-americanos, seguem sendo estudados. O estadunidense Hopson, do Regatas Corrientes, por exemplo, agrada a comissão técnica, mas é outro nome de salário astronômico, sobretudo em tempos de dólar alto.

Foto: Site oficial Boca Juniors

 

Um pra cada lado...
Um pra cada lado…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *