Categorias
Bauru Basket

Paulinho Boracini, na mira do Paschoalotto Bauru: “Quem não quer estar em um time campeão?”

Armador Paulinho Boracini recebeu sondagem do Paschoalotto Bauru e surge como opção para a próxima temporada

Para quem pensava que as próximas entressafras do Paschoalotto Bauru seriam tranquilas depois da montagem de um timaço com contratos longos, o mercado está quente na Sem Limites. Após a saída de Larry Taylor e a informação da iminente chegada de Léo Meindl, o nome da vez é Paulinho Boracini.

O experiente armador do Pinheiros, de 31 anos, é uma boa opção para o revezamento com Ricardo Fischer. Apesar de disputar apenas nove partidas no NBB 7, por causa de uma contusão, Boracini fez boa média de 13,7 pontos em 18min em quadra, parecida com sua média histórica de 13,3 pontos. O jogador, eleito melhor sexto homem do NBB 4, ainda registra 3,1 assistências e 2,8 rebotes por jogo.

Abordado pelo Canhota 10, ele admitiu o contato da diretoria do Dragão e completou, enfático: “Quem não quer estar em um time campeão?”

OUTRA SONDAGEM
Outro armador que já falou com o estafe bauruense é Maxi Stanic, ex-Palmeiras (que hoje atua no Morón Basket, da Argentina). O C10 também entrou em contato, o atleta admitiu sondagem, mas disse que o assunto esfriou. “Está muito difícil de eu voltar a jogar no Brasil, mas não é impossível”, resumiu o argentino.

Pelo andar da carruagem, Paulinho está na frente por essa vaga no elenco bauruense.

 

Foto: Luiz Pires/FotoJump

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *