Categorias
Bauru Basket

Paschoalotto Bauru anuncia Demétrius e enaltece DNA bauruense do novo treinador

Novo treinador do Dragão, que começou no Luso, chega a Bauru na quarta-feira e estreia contra o Flamengo

demetrius-bauru-2Bem que eu disse no texto anterior: logo anunciam o treinador. Logo mesmo: exatamente 1h20 depois de ambas as assessorias de imprensa negarem ao Canhota 10 o martelo batido, veio o comunicado oficial. Demétrius Ferracciú é o novo técnico do Paschoalotto Bauru. Ô negociação rápida! Faz parte do script.

Enfim, o mistério durou pouco. Um dia útil. Guerrinha saiu na sexta, o ex-minastenista anunciado nesta segunda. O acordo é pelas próximas duas temporadas, isto é, até o fim da agenda 2016/2017. Pela frente, o desafio da obsessão do título do NBB nesta oitava edição. Defender o título da Liga das Américas é o outro compromisso.

No comunicado enviado à imprensa, a Associação fez questão de enaltecer o DNA bauruense de Demétrius. Enviou foto de divulgação com o menino Dema, aos 13 anos, defendendo o Luso. Na imagem acima, é possível identificar membros de diretoria e comissão técnica do Dragão. Ao lado de Demétrius estão os diretores Biro (primeiro agachado à esquerda) e Vitinho; o treinador é Cássio Cerimelli (em pé, primeiro à direita); e Hudson Previdelo é o camisa 9, no centro da foto.

“Estou muito feliz em estar de volta à cidade que faz parte da minha casa. Meu início foi em Bauru, comecei como jogador aqui e isso me deixou muito à vontade para tomar a decisão de aceitar o convite. É uma cidade que me acolheu desde pequeno e será ótimo retornar a Bauru”, disse o novo comandante, via assessoria.

Demétrius será apresentado na próxima quarta e terá duas semanas para adaptar-se ao novo grupo (e vice-versa) para a estreia no NBB, dia 3/nov, na Panela, contra o Flamengo — baita responsa de cara. Boa sorte e bom trabalho pra ele.

 

Foto: Divulgação Orlando Bento

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *