Categorias
Bauru Basket

Bauru Basket, novo elenco (6): atualizando

Enquanto as grandes notícias não são concretizadas, os bastidores seguem quentes no mercado basqueteiro. E diante de todas as dúvidas, hora de situar o torcedor sobre em que pé está cada nome levantado em relação a Bauru — lembrando que o Canhota só fala de situações confirmadas por terceiros, isto é, fontes além do Bauru Basket.

JEFFERSON: é o nome mais próximo, mas tem que ouvir a proposta de São José. A identificação com a Águia é muito grande e, compreensivelmente, o jogador manifestou o desejo de continuar por lá (aqui).

MURILO: a diretoria segue insistindo no sonho, mas não vai fazer loucuras financeiras. Vai até seu limite. Mantenho a opinião de que não deve vir. Mas seria uma boa surpresa. Ele e Jefferson são as prioridades.

ROBERT DAY: havendo insucesso em um dos dois nomes acima, é uma alternativa — não cabem os três no orçamento. Como sua situação em Uberlândia está indefinida e a vinda de Murilo é muito difícil, é um nome que ganha força. Vale lembrar que, na última temporada, ficou tentado com a proposta bauruense e quase veio. Já existem conversas, que irão avançar se o norte-americano não renovar no Triângulo Mineiro — assunto na pauta desta semana ainda, por lá.

GRUBER: é prioridade a sua renovação em Uberlândia (aqui) e dificilmente vem — e ao contrário do que diz a matéria lincada, Collum já renovou.
Atualização: já renovou. Collum também.

DEDÉ: apesar do foco de reforços em Bauru ser o garrafão, os nomes de Day e Gruber apontam para a necessidade de um novo ala. Por isso, há um novo nome que surge como especulação, correndo por fora, o do ala Dedé. A cirurgia no joelho direito não é um empecilho, pois a recuperação é rápida (cinco semanas) e ele estará apto para fazer pré-temporada. A exemplo de Jefferson e Murilo, vai ouvir a proposta de São José (aqui).
Atualização: está mais no campo da especulação. Pelo menos, a diretoria bauruense nega com veemência.

MATHIAS: nome antecipado pelo Canhota (aqui), faltam pequenos detalhes. O pivô, ex-Joinville, deve assinar esta semana.

PILAR: apesar da difícil negociação, o desejo de que ele continue é grande e há chance de ficar. Assunto também para esta semana.

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *