Categorias
Bauru Basket

Após vencer amistoso, Paschoalotto Bauru está pronto para a Sul-Americana

Vitória em amistoso contra Liga Sorocabana finalizou preparação para a Sul-Americana

Depois de duas semanas de “intertemporada” e treinamento intenso, o Paschoalotto Bauru encerrou sua preparação para a Liga Sul-Americana (e a final do Paulista) vencendo a Liga Sorocabana em amistoso na Panela de Pressão, por 90 a 75. A partida serviu para o técnico Guerrinha testar formações e a equipe executar as jogadas combinadas nos últimos dias.

A equipe jogou com intensidade, simulando de fato uma partida disputada, apesar da fragilidade dos sorocabanos, que dominaram apenas o último quarto, quando os guerreiros desaceleraram. Robert Day foi o cestinha, com 17 pontos, seguido de Alex Garcia (13), Jefferson (11), Hettsheimeir e Mathias (9).

ABRE ASPAS
“Nos treinos da semana, a gente colocou bastante intensidade, como se fosse jogo. E no amistoso colocamos na prática para testar algumas formações. Dividimos bastante o tempo de quadra, o que é importante, pois todos vão precisar desse tempo. Foi uma ótima simulação do que vamos encarar na Sul-Americana”, comentou o ala Gui Deodato.

“Foi muito positivo, depois de vários dias de treinamento forte, esse ritmo de jogo pra gente soltar e ver como o time está. O time se comportou superbem e agora é cabeça na Sul-Americana. Dentro de casa, vamos forte para a classificação”, disse o ala-pivô Jefferson William.

“A gente pôde trabalhar, pela orientação do Bruno na parte física, no máximo 25 minutos alguns jogadores e outros, 20. Então, jogamos com limitadores. Dentro disso fomos revezando, isso às vezes mexe quando está indo bem. O último quarto foi em função do calor e do placar. Achei que eles jogaram muito forte para um amistoso. A única coisa que não consegui fazer foi colocar o Jefferson na função 3, mas deu para revezar, inclusive os meninos”, avaliou o técnico Guerrinha.

RINALDO, SEMPRE ELE
O treinador da Liga Sorocaba é sempre uma atração à parte. Durante os pedidos de tempo, soltou algumas pérolas. A melhor delas: “Façam de conta que é Pinheiros ou São José. Vocês estão se borrando para os caras!”. No intervaldo da partida, Rinaldo ainda protagonizou um tombo de cinema, ao escorregar na poça de suor dos jogadores.

#TAMOJUNTO
Ele ainda não tem condições de jogo, mas veste uniforme e fica junto dos colegas no banco. O pivô Murilo Becker segue sua recuperação de uma inflamação no tendão patelar do joelho esquerdo. Durante a partida, ele fez trabalhos de alongamento e fortalecimento, sob orientação do fisioterapeuta Rogerinho Lourenço. O camisa 21 segue lutando para conseguir voltar nas finais do Paulista.

OUTUBRO ROSA
A equipe disputou o amistoso com o uniforme especial, na cor rosa, retomando a tradição de temporadas anteriores. A roupa, entretanto, só deverá voltar a ser usada no jogo 3 das finais do Paulista — e no jogo 4, se houver. Em Limeira, nos jogos 1 e 2, o time deverá jogar de azul, pois normalmente o mandante joga de uniforme claro. Para a Liga Sul-Americana, há uma vestimenta específica, pois só é permitido um patrocinador estampado, a Paschoalotto (máster).

Guerreiros engajados no Outubro Rosa. Foto: Henrique Costa/Bauru Basket
Guerreiros engajados no Outubro Rosa. Foto: Henrique Costa/Bauru Basket

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *