Categorias
Noroeste

Noroeste vence, termina 1a fase na frente e conhece adversários

Noroeste vence Tanabi, garante liderança do grupo 1 e conhece adversários na segunda fase, que definirá acesso para A-3

retranca-bezinhaO Noroeste fechou a primeira fase da Série B do Campeonato Paulista da melhor forma possível. Ao vencer o Tanabi, no Alfredão, por 3 a 2, garantiu a liderança do grupo 1. Empatado com o Grêmio Prudente, com 38 pontos, o Alvirrubro ficou na frente por ter mais vitórias (12 a 11).

A vitória foi suada. Hygor Silva abriu o placar, de cabeça, logo aos 10min, mas Diego empatou, aos 34. O Norusca foi para os vestiários na frente, com gol de Walker, aos 39. Diego voltou a empatar, no início do segundo tempo (6min). Apesar de dominar a partida, o Noroeste teve dificuldades em concluir e só chegou ao gol da vitória através de uma cobrança de pênalti, convertida pelo artilheiro Hygor Silva, aos 31. O Tabani ainda ameaçou, mas prevaleceu o líder do grupo 1! Uma pena que havia apenas 305 pagantes…

O Noroeste venceu jogando com Guilherme; Alisson Pirinha, Igor, Rafael Pontoli e Léo Freitas; Capixaba, Makelelê (Bira), Luiz Azevedo (Gustavo Henrique) e Gustavo Moreira (Thiago Cardim); Walker e Hygor Silva.

PRÓXIMA FASE
O Norusca agora irá compor o grupo 4, ao lado de São Bernardo (líder do grupo 3), Inter de Bebedouro (vice do 2), Lemense (terceiro do 2), Manthiqueira, (quarto do 3) e Fernandópolis (quarto do 1). A tabela será conhecida em reunião técnica nesta segunda (17ago), às 16h. As equipes jogarão em si, dentro do grupo, em turno e returno, subindo os dois primeiros de cada para a Série A-3 2016. Pela liderança, o Alvirrubro deverá jogar a última partida em casa.

O grupo 5 terá Olímpia, Grêmio Prudente, Jabaquara, Taboão da Serra, Assisense e São Carlos. Aparentemente mais forte, com o time de melhor campanha na primeira fase (Olímpia, 42 pontos), o Prudente e o Tabão da Serra, time do veterano Viola. Mas os bauruenses também não terão vida fácil.

ABRE ASPAS
“Não tem jogo fácil. Eles não tinham chances, mas foi difícil consegui fazer os gols. Meu intuito é o acesso, mas graças a Deus os gols vêm saindo”, disse o goleador Hygor Silva ao repórter Jota Augusto, da Auri-Verde 760AM.

“Eles não tinham nada a perder, mas soubemos que receberam um incentivo. Mas fizemos nosso papel”, revelou a mala branca o capitão Capixaba.

“Temos que ganhar todas as partidas em casa na segunda fase. Vamos sentir um problema de ritmo no começo, com esses oito reforços, mas o time vai estar completo. O time vai ficar muito compacto e competitivo”, comentou o técnico João Martins, referind0-se aos retornos dos contundidos, sobretudo Marcelo Santos e Ian, e os reforços Sávio, Léo Cunha, Marcelinho e Edson Negão.

 

Foto: Sérgio Pais/GloboEsporte.com

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *