Categorias
Noroeste

Ferroviária acaba com invencibilidade do Noroeste

Doze jogos depois, o Noroeste não tem mais como se escorar na elástica invencibilidade – mesmo que recheada de empates. A derrota para a Ferroviária (1 a 0), em Araraquara, pela quarta rodada da segunda fase da Copa Paulista, colocou o Norusca em situação complicada. Apesar de não ser impossível chegar à terceira fase – pois tem nas duas últimas rodadas confrontos diretos contra os dois líderes -, pela bola que o time vem jogando não dá pra ter muita esperança.

Com Renam nulo em campo e Altair em tarde pouco inspirada, ficou mesmo difícil incomodar o goleiro da Ferrinha. O time grená, que nem jogou tanta bola assim, conseguiu o gol no finalzinho do primeiro tempo, com Tuia, e correu o suficiente para segurar o importante resultado na etapa final – quando o treinador Jorge Saran ainda tentou a virada, mexendo no ataque, mas a frase do volante França após o apito final resume tudo: “O time foi apático, sem vontade de ganhar”.

E não vale dizer que o time é jovem. Somente Mizael e França, entre os titulares, têm idade da base. O problema não está em perder para a Ferroviária fora de Bauru, mas desperdiçar pontos no Alfredão.

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *