Categorias
Noroeste

Estreia na Copa SP significa começo da quarta divisão para o Noroeste

Jogando em casa, Noroeste encara o Comercial do Piauí. Mais do que ir bem na Copa SP de Futebol Júnior, campanha pode revelar jogadores para a Bezinha

Que sejam dois jogadores, meia dúzia ou dez deles. Ou apenas um. A verdade é que o elenco do Noroeste para a disputa da quarta divisão do Campeonato Paulista (provável início em abril) começa a ser montado nesta segunda, na estreia do time sub-19 na Copa São Paulo. Mais uma vez sede da competição, o Norusquinha encara o Comercial, do Piauí, às 17h, com entrada gratuita no Alfredão.

Vale conferir o bom trabalho do colega Thiago Navarro na edição de domingo do Jornal da Cidade, que traz estatísticas, elenco e a possível escalação do time — texto aqui e PDF aqui. Em 60 jogos disputados na competição, o Alvirrubro tem 43% de aproveitamento (considerando vitória valendo três pontos). Jogando em Bauru (27 jogos), esse aproveitamento sobe para 54%; atuando fora (33), cai para 34%. Sediar o grupo F, portanto, é um alento encarar o favorito Fluminense. A maior realidade é tentar uma vaga entre os melhores segundos colocados e a briga será dura contra o emergente Luverdense. Portanto, ganhar de cara do provável coadjuvante do Piauí é obrigação.

Apesar do horário ingrato da partida, tomara que a torcida compareça em bom número.

E A BEZINHA?
Retomando o raciocínio, é bom ficar de olho em promessas para o desafio de subir o primeiro degrau da longa retomada que o Noroeste tem pela frente no futebol paulista. Afinal, o regulamento da Segunda Divisão (na prática, a quarta), permite apenas quatro jogadores acima de 23 anos em campo. Por isso o desempenho na Copinha é tão relevante.

De cara, o meia Luiz Azevedo é nome certo — se não for negociado antes… O restante da molecada, teremos que conferir. Os melhores deverão se juntar a atletas emprestados (e bancados) pela Ferroviária, em parceria na iminência de ser fechada, além do retorno de três atletas emprestados ao Palmeira da Una-RN, o goleiro Aranha, o lateral-direito Daniel Rufino e o lateral-esquerdo Rafael Silva.

Que os meninos aproveitem a oportunidade, que o uniforme alvirrubro não seja feio e que vá muita gente ao Alfredão, nem que seja pra ver o segundo tempo…

 

Foto: Aceituno Jr/Jornal da Cidade

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *