Categorias
Institucional

1.000 vezes conversando com o torcedor. E é só o começo…

Canhota chega ao texto de número 1.000

Quem me alertou foi meu amigo Diego Meneghetti, o cara que deu vida à cara bonita deste blog e que cuida com carinho da hospedagem e suas burocracias. Estava lá, no painel do WordPress: 999 postagens. Tem um pouquinho mais, eu sei, pois nesse vai-volta do GloboEsporte.com, alguma coisa ficou pelo caminho. Entretanto, vale o registro. Com três anos e oito meses de vida, o Canhota 10 alcança um número bacana. Pois são exatos 1.326 dias desde o início, isto é, quase uma postagem por dia. Pra quem gosta de contas, são 0,75 postagens/dia, isto é, três textos a cada quatro dias. Baita marca — Deus sabe como me esforço para ser assíduo neste espaço.

E essa comemoração chega exatamente num momento de breve sumida, com o relógio me engolindo com outra responsabilidade. Mas passa. Você nem piscará e verá avisos no seu Facebook pipocando, convidando para minhas canhotadas. Já adianto, aliás, que o Bauru Basket ganhará uma galeria de figurinhas, assim como já ocorre com o nosso glorioso Norusca.

Tenho muita gente pra agradecer. Anunciantes, pela confiança. Colegas de crônica esportiva, pela cordialidade e cooperação. Família, pela paciência… Mas sobretudo ao público fiel, que pede texto, que me acha no Face pra tirar dúvida, pra desabafar, enfim, que respeita meu trabalho. Porque, sim, é um trabalho. O que eu chamava de “hobby sério” já virou responsabilidade faz tempo. Já virou até livro… E estou comprometido com esta missão de colaborar com o esporte de Bauru.

Obrigado e conto com sua companhia nos próximos 1.000 textos.

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *