Categorias
FIB Futsal

Buscando classificação na Copa Paulista de futsal, FIB Bauru faz últimos ajustes

FIB Futsal faz últimos ajustes para jogo que vale vaga na 2ª fase da Copa Paulista

retranca-FIBFolga para a Associação Atlética FIB, só no calendário. Sem jogar pela Copa Paulista desde o dia 21 de outubro, a equipe bauruense vem treinando forte para a partida decisiva contra Pompeia, pela última rodada da primeira fase da competição — próxima quinta (10/nov), às 20h, em Pompeia. Sem chances de alcançar os dois primeiros do grupo A (Orlândia e Dracena), a luta será por uma das vagas como melhor terceiro colocado. Portanto, vencer é a único opção.

Apesar de Pompeia ser o lanterna da chave, seu único ponto foi conquistado exatamente contra a FIB, no ginásio Duduzão (3 a 3, dia /out), sinal de que a tarefa será complicada.

“Estamos vivendo a atmosfera dessa partida decisiva desde o encerramento do confronto contra Dracena. Treinamos intensamente em dois períodos em todos esses dias e agora, com a aproximação da rodada final, estamos fazendo treinos específicos e aprimorando estratégias para esse jogo”, contou o técnico Everton Alemão Carvalho (foto acima), via assessoria.

DEFESA!

Entre os treinos específicos, preocupação especial com a defesa. Foram vários coletivos adaptados para testar os jogadores em diversas situações de marcação. “Buscamos reproduzir nas atividades as circunstâncias que ocorrem na maioria das partidas”, explicou Alemão, que está animado pelo fato de a equipe estar fisicamente voando.

Passar de fase significaria uma sobrevida na temporada, mais oportunidades de calejar o elenco, pensando nas permanências para o planejamento de 2017. Sem contar que a euforia pela vaga pode acabar criando um novo ânimo para — por que não? — trabalhar mais forte e lutar pelo título da Copa Paulista.

Equipe tem treinado incessantemente no ginásio Duduzão. Fotos: Divulgação/AA FIB
Equipe tem treinado incessantemente no ginásio Duduzão. Fotos: Divulgação/AA FIB

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *