Categorias
Bauru Basket

Recheada de Dragão, Seleção sub-18 inicia treinos em Bauru

Brasil sub-18 inicia preparação para a Copa América no ginásio Panela de Pressão

A Seleção Brasileira masculina sub-18 de basquete inicia, nesta sexta (6/jun), sua preparação para a Copa América, competição classificatória para o Mundial sub-19 em 2015. E o local escolhido pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB) foi o ginásio Panela de Pressão, em Bauru.

Para boa parte da delegação, não foi preciso pegar estrada. Há vários nomes do Dragão. André Germano, treinador do sub-17 e do sub-19, é o coordenador da Seleção. Vitinho Jacob, diretor técnico, é o administrador e vai com o time para os Estados Unidos — a competição será disputada entre 20 e 24 de junho. Entre os atletas, três dragõezinhos: os armadores Lucas Vezaro (foto acima, Divulgação) e Pablo e o pivô Wesley Sena. E Caio Casagrande, assessor de comunicação, irá dar suporte no atendimento à imprensa nesse período de treinos na Cidade Sem Limites.

A Seleção treina na Panela até o dia 17, quando o técnico Pablo Costa escolhe os 12 que embarcam para Colorado Springs. O Brasil encara Canadá, Porto Rico e República Dominicana na primeira fase (grupo A). Os quatro primeiros ganham vaga para o Mundial.

Exames médicos foram realizados nesta quinta. A meninada está hospedada no Obeid Hotel.

NETO CONVOCA ADULTO
Nesta sexta, o técnico José Neto convoca a Seleção que irá disputar o Sul-Americano, na Venezuela, entre 24 e 28 de julho. O torneio vale vaga para o Pan de Toronto e para o Pré-olímpico, ambos em 2015. O Brasil está no grupo A e enfrenta Paraguai, Equador e Argentina — que já convocou seu selecionado e contará com Laprovittola.

É grande a curiosidade pela lista de Neto. Não só pela presença de jogadores do Paschoalotto Bauru, mas também para saber se será um time B ou se, de certa forma, irá abastecer, num segundo momento, a lista do técnico Rubén Magnano para o Mundial da Espanha.

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *