Categorias
Bauru Basket

Paschoalotto Bauru, novo elenco (5): Robert Day é do Dragão!

Paschoalotto anuncia ala Robert Day como novo reforço por duas temporadas

A terça-feira prometia novidade e ela chegou. Diferente, mas chegou. Enquanto a torcida rói unhas pelo anúncio de Alex Garcia, o Paschoalotto Bauru anunciou o primeiro reforço para a temporada 2014/2015: o ala Robert Day. O Canhota 10 adiantou na última sexta-feira que as conversas estavam adiantadas, inclusive falou com o ala, que admitiu estar conversando com a diretoria bauruense e que se via jogando pelo Dragão.

O camisa 31 jogou quatro edições do NBB (disputou três Jogos das Estrelas) por Uberlândia (médias de 17,8 pontos e 4,8 rebotes, além de excelente aproveitamento de 44% nos chutes de três, sua especialidade). No NBB6, seus números foram dentro dessa média (17,6 pontos, 5,2 rebotes, 44% de fora). Confira no site da Liga todos os números do jogador.

O ala de 1,97m e 32 anos assinou contrato de dois anos. Era um sonho antigo da Associação contar com ele. Nas duas temporadas anteriores, houve proposta, mas Day preferiu ficar no time mineiro, onde era ídolo. Depois de salários atrasados e do desmanche promovido por lá, o craque dos três pontos ficou livre para negociar e, nos bastidores, sabia-se que sua preferência era por Bauru. Sonho concretizado também pela torcida, que há tempos e anseia por um posição 3 pontuador.

ALEX GARCIA
O ala falou com o repórter Vítor de Moraes, do Correio Braziliense, que quer logo resolver sua situação. Não consegui confirmar se a reunião que aconteceria entre o jogador e a diretoria do Uniceub nesta terça-feira de fato aconteceu em Brasília. Pode ter sido por telefone ou sinal de fumaça. Mas certamente conversaram pela última vez…

Foto: Ale da Costa/Portrait. Abaixo, excelente peça divulgada pelo Bauru Basket. No Face do Canhota 10, tem a fotomontagem que também me atrevi a fazer

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *