Categorias
Bauru Basket

Obrigado, Roberdei

Robert Day se despede do Gocil Bauru com vitória e classificação

retranca-bauru-basket(Direto da Panela) Onze segundos para o final da partida, placar folgado. Torcida de pé nas arquibancadas aplaudindo os últimos instantes da carreira de Robert Day. Os adversários também se rendem ao clima e estendem o tapete vermelho para a cesta derradeira. De três, claro. Melhor roteiro impossível para esse final feliz.

Como prometera, o camisa 31 doou-se em quadra e contribuiu com a vitória de 78 a 60 sobre o Pinheiros, que garantiu ao Gocil Bauru uma vaga nos playoffs do Campeonato Paulista — com a derrota do América para a Liga Sorocabana, mais tarde, o Dragão terminou em sétimo e encara o próprio Pinheiros nas quartas.

O abraço no "irmão" Valtinho, parceiro dos tempos de Uberlândia
O abraço no “irmão” Valtinho, parceiro dos tempos de Uberlândia

Fora de forma, sem ritmo de jogo, Day deve estar, a esta altura, lidando com as dores no corpo após tanta entrega em quadra. Foram 12min intensos, esforçando-se na marcação, tentando entender as jogadas, encontrando espaços para seu arremesso certeiro. O período de inatividade cobrou sua conta nos quatro lances livres que perdeu, mas o placar sob controle permitiu essa regalia.

Acompanhado da esposa, Reena (com ele, na foto acima), recebeu bela e merecida homenagem, daquelas para bater no peito e dizer fiz tudo certo, plantei boas sementes. Os colegas de time ali, no centro da quadra, reverenciando não só um profissional talentoso, mas um amigo. Entrevistas dadas, o dono da festa ainda dedicou seu tempo para as últimas fotos, os últimos abraços com torcedores. Eu também fui lá, despi-me do jornalismo e fui abraçá-lo, desejar boa sorte. Obrigado, Roberdei.

ABRE ASPAS
Repercuti a partida com alguns personagens do jogo e, claro, falamos sobre Day (cuja entrevista está aqui):

O ex-bauruense Mathias, que jogou e foi campeão com Day:

 

O ala-pivô Jefferson William, um dos grandes amigos do camisa 31:

 

O técnico Demétrius avalia a vitória, o momento do time e comenta a participação do agora ex-jogador:

 

 

Ao lado do amigo Brabo: cestinhas do jogo
Ao lado do amigo Brabo: cestinhas do jogo

NUMERALHA
Alex Garcia: 22 pontos, 4 rebotes, 7 assistências
Robert Day: 12 pontos, 2 rebotes, 1 assistência
Léo Meindl: 10 pontos, 3 rebotes, 2 assistências
Rafael Hettsheimeir: 9 pontos, 7 rebotes, 2 roubos
Gui Santos: 9 pontos, 5 rebotes, 4 assistências
Jefferson William: 8 pontos, 6 rebotes
Valtinho: 5 pontos, 3 assistências
Shilton: 3 pontos, 11 rebotes

 

Mais cliques dessa tarde especial:

Aplaudido de pé nos últimos segundos
Aplaudido de pé nos últimos segundos

 

Homenagem da Torcida Fúria
Homenagem da Torcida Fúria

 

Recebendo placa das mãos do presidente, Beto Fornazari
Recebendo placa das mãos do presidente, Beto Fornazari

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *