Categorias
Bauru Basket

Ranking Canhota 10: Paschoalotto Bauru leva a melhor em comparação com elenco do Flamengo

Ranking elaborado pelo CANHOTA 10 compara os jogadores dos dois times mais poderosos do momento. Confira o resultado!

Depois que o Paschoalotto Bauru desandou a contratar jogadores de primeira linha, a comparação com o Flamengo, atual bicampeão brasileiro, tornou-se inevitável. Até porque, o elenco bauruense foi montado para, de fato, pôr em xeque a hegemonia de rubro-negros e de Brasília, únicos vencedores do NBB, competição organizada pelos clubes desde 2009 — são três títulos para cada lado.

O elenco do Dragão ficou tão forte, mas tão forte, que surgiram brincadeiras na internet. A ponto de o Território, blog da Liga, embarcar e cravar, com fotomontagem e tudo, uma vaguinha para o astro da NBA (e amigo de Larry Taylor) Dwayne Wade em Bauru! Diante do apetite bauruense, houve até quem acreditasse… Nos comentários nas redes sociais, entretanto, sempre surgem torcedores do Flamengo avisando: sim, está forte, mas o Urubu segue poderoso. E eles têm razão. A manutenção do qualificado elenco já faz do clube carioca o favorito no que disputar, com a vantagem de já estar entrosado.

Sendo assim, surgiu a ideia de medir essas forças. Rascunhei uns critérios — que muitos vão questionar, é normal — e tabulei sobre os oito principais jogadores de cada time. Nasce, assim, o Ranking Canhota 10, metodologia que posso usar para o Campeonato Paulista que vem aí, inclusive. E também para o NBB7.

Mas vamos por partes. Primeiro, Bauru x Flamengo, os dois times mais poderosos no papel. São 11 quesitos. Cada item que o jogador cumprir, a equipe marca um ponto. Para as estatísticas, o critério para levar o visto verdinho é o seguinte: média igual ou superior a 15 pontos, 7 rebotes, 5 assistências e 15 de eficiência. Nos demais, ter pelo menos uma premiação — todas descritas abaixo.

 

Para quem teve curiosidade, também fiz a conta multiplicando a quantidade premiações (exemplo: dar 6 pontos por Alex ter ganhado 6 prêmios individuais do NBB). Dessa forma também dá Bauru, 81 a 67 — mesmo sem Hettsheimeir ter histórico no NBB e com os flamenguistas somando pontos como atuais bicampeões nacionais. Mas fiquemos com o critério de um ponto para cada tick verde. Resta agora ao timaço alvilaranja confirmar, em quadra, tamanho poder.

Se ficar em dúvida sobre algum critério, deixe seu recado aí embaixo, na caixinha, que irei responder. Para comentar, é preciso ter conta no Facebook. Se não tiver, envie e-mail (fernandobh@canhota10.com).

 

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *