Categorias
Bauru Basket

Paschoalotto Bauru anuncia Jefferson e fecha elenco fantástico

Bauru confirma Jefferson e fecha elenco. Confira detalhes da carreira do novo ala-pivô do Dragão

Pronto. Agora tamparam a entrada da Caverna do Dragão — digo, fecharam o elenco. Lá dentro, muitas feras. Uma ignorância, até. Uma verdadeira seleção. Saiu o ótimo Barrios, entrou o não menos excelente Jefferson William, anunciado oficialmente pelo Paschoalotto Bauru nesta segunda-feira, depois de ter seu vínculo desfeito com São José, conforme o Canhota 10 revelou no último sábado. Ele chega para enriquecer o revezamento do garrafão ao lado de Murilo Becker, Rafael Hettsheimeir e Mathias.

O ala-pivô de 2,07m e 104kg, nascido há 31 anos na capital paulista, tem um bom currículo:

Londrinha (2002)
Paulistano (2003-2004)
Ribeirão Preto (2005) – campeão paulista, vice-campeão sul-americano
Assis (2006) – vice-campeão paulista
Marinos-VEN (2007)
Univer Kte-HUN (2007) – campeão das copas Gazdavar (foi MVP) e Szolnoki Olaj
Flamengo (2008-2011) – tricampeão carioca, campeão do NBB1, campeão da Liga Sul-Americana
São José (2011-2014) – campeão paulista, vice-campeão do NBB4
Seleção Brasileira – campeão da Copa América 2005
Jefferson também atuou pela Seleção Militar

No Novo Basquete Brasil, o novo atleta de Bauru acumula 202 partidas, com médias de 28min em quadra, 13,4 pontos e 6,9 rebotes. Na última edição, foi eleito o melhor ala-pivô e também foi o maior reboteiro da competição (média de 9,8 bolas capturadas). Você pode conferir as estatísticas completas neste link.

A torcida bauruense pode começar a esfregar as mãos — e o elenco trabalhar muito na quadra para justificar tamanha qualidade no papel. O time é tão forte, mas tão forte, que nem o fato de só estar completo durante os playoffs do Campeonato Paulista ameniza o favoritismo. Para começo de estadual, um quinteto com Ricardo Fischer, Gui Deodato, Robert Day, Jefferson (ou Hettsheimeir, quem não for ao Mundial) e Murilo Becker não é nada mal…

PASSO A PASSO
Segue, com links, uma linha do tempo da chegada de Jefferson William ao Dragão:
4 de julho: Bauru anuncia a saída de Barrios. Era necessário repor a saída e o foco seria no mercado brasileiro.
7 de juho: desenha-se o cenário de possibilidades, entre Jefferson, a volta de Andrezão ou, em último caso, um gringo do mercado latino — Gruber é descartado por sua condição física. Em entrevista ao Canhota 10, diretoria de São José admite estar aberta a negociações.
10 de julho: Jefferson admite sondagem de Bauru ao GloboEsporte.com e avisa que quer jogar num time competitivo.
12 de julho: mais uma pista, do jornalista Fábio Barbosa (editor de esportes da Record Bauru), que afirma que o jogador já está acertado com Bauru e aguarda liberação de São José.
18 de julho: após uma semana de negativas à imprensa por parte da diretoria da Águia, o agente do jogador consegue a liberação. Tornava-se questão de tempo o anúncio oficial.

Imagem: Divulgação Bauru Basket

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *