Categorias
Bauru Basket

Itabom/Bauru tem início animador no NBB

Pilar, que só pode jogar no NBB, foi um dos destaques na vitória sobre Pinheiros, fora de casa

Pilar, decisivo em lances livres na primeira prorrogação: ótima estreia (Foto de Cristiani Simão/Jornada Esportiva - inclusive homepage)

Dois jogos fora de casa, duas vitórias. Nesse domingo (14/11), após duas prorrogações, o Itabom/Bauru venceu Pinheiros por 97 a 95. Não poderia começar melhor o NBB. A terceira partida também será fora, contra o Paulistano – adversário teoricamente mais fraco e possibilidade de seguir com 100% de aproveitamento até a estreia em casa, dia 28/11, contra o Minas (com TV). Hoje, o time bauruense ocupa a segunda colocação no NBB – perde para Brasília apenas no average.

Fischer estava novamente com a mão calibrada (25 pontos) e o inconstante Renato teve bons momentos no jogo, fazendo pontos importantes para levar o Bauru Basket à prorrogação.

Mas o destaque ficou para o estreante Pilar (11 pontos e 11 rebotes), que fez cestas decisivas na segunda prorrogação, e Larry Taylor, poupado no meio da semana e que voltou a sentir a contusão – mas partiu para o sacrifício, pedindo para continuar em quadra. O Alienígena anotou 12 pontos, deu sete assistências e, principalmente, pegou 13 rebotes! Ele ainda não figura entre os mais eficientes do campeonato, mas é uma questão de tempo.

Fischer é o cestinha de Bauru no NBB, com média de 24 pontos. Foto de Deco Pires/Divulgação NBB

“O retrato da partida foi o Larry, que machucou e, na superação, pediu para continuar em quadra. Temos muito o que melhorar, mas hoje o time se superou e nos deu essa importante vitória. Estão de parabéns!”, avaliou o técnico Guerrinha, via assessoria de imprensa.

O elenco folga neste feriado (15/11) para repor as energias para o próximo desafio, pela última rodada da segunda fase do Paulista. Em casa, quinta (18/11), às 20h, recebe o Limeira na Luso. Quem vencer fica com o quinto lugar e pega o quarto colocado nos playoffs. Pilar, como se sabe, não atua pelo Paulista. E Larry? Terá condições de jogo?

O norte-americano, a peça mais importante de Bauru, não pode correr o risco de se contundir mais seriamente e desfalcar o time por um longo período. A vaga nos playoffs já está garantida e é melhor que haja mais revezamento na partida contra Limeira, para não sobrecarregá-lo. No domingo seguinte (21/11, contra o Paulistano, às 11h), novamente pelo NBB, poderia ser o caso de poupá-lo – não necessariamente fora do jogo, mas a maior parte do tempo no banco.

Larry precisa estar inteiro para os playoffs do Paulista e para toda a maratona do NBB. Afinal, pelo início empolgante, o Itabom/Bauru pode render mais do que a expectativa inicial. Sonhar com a semifinal do Nacional pode, Arnaldo?

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

1 resposta em “Itabom/Bauru tem início animador no NBB”

Finalmente conseguimos derrotar o Pinheiros. As duas derrotas no Paulista foram duras de engolir. No jogo em SP com prorrogação também.

Muito boa a contratação do Pilar. Conseguirá dar uma ótima consistência nos rebotes quando o Douglas voltar de contusão. Principalmente no NBB, os garrafões estão muito fortes. Só com Douglas e Jeff, não teríamos condições de enfrentar algumas equipes.

Vamo Bauru!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *