Categorias
Bauru Basket

Paschoalotto Bauru vence em Franca e fecha 1º turno na frente

Paschoalotto Bauru vence a quarta partida em cinco jogos. Confira crônica, números e declarações dos jogadores

Alguém segure esse time. A jornada está desgastante, apenas com Gabriel e Carioca no revezamento, mas o quinteto do Paschoalotto Bauru vem dando conta do recado. Mesmo ainda sem Murilo — e nem vamos considerar o trio da Seleção, por enquanto –, o Dragão foi à casa de um adversário forte e direto e venceu por 85 a 77.

Franca fez uma boa partida, mas prevaleceu a qualidade de Ricardo, Day, Gui, Jefferson e Mathias. Sim, o Balothias. Ele tem aproveitado muito bem essa oportunidade de protagonismo no garrafão para colocar bons números em seu scout: fechou o primeiro turno com médias de 8,4 pontos e sete rebotes.

Com o resultado, Bauru terminou o primeiro turno do grupo A na liderança, com as mesmas quatro vitórias de Limeira, mas em vantagem no confronto direto. No famoso “se a fase de classificação terminasse hoje”, Bauru encararia o Paulistano, quarto colocado do grupo B, nas quartas. Mas muita água ainda vai rolar no instável grupo que tem, por enquanto, Pinheiros em primeiro, Rio Claro em segundo (ambos com quatro vitórias) e Liga Sorocabana em terceiro. São José, em quinto, já tem Manny Quezada de volta e deve reagir. Então, qualquer chaveamento hoje é mero exercício de especulação.

Voltando à vitória bauruense, os comandados de Hudson Previdelo iniciaram a partida com impressionante aproveitamento da linha dos três — fechou o jogo com bons 46% de aproveitamento de fora (13 acertos em 28 chutes). O segundo quarto, entretanto, foi o único com desempenho inferior ao dos donos da casa, que conseguiram ir para o intervalo com um ponto na frente (43 a 44). O ritmo forte imposto logo de cara no retorno, entretanto, garantiu uma dianteira que foi bem administrada.

Impossível deixar de citar o quinto duplo-duplo de Jefferson William em cinco jogos, mais uma rodada com Day cestinha do time e a atuação segura, pelo que conta o scout, de Ricardo e Gui — outro dia garotos, agora motores da equipe. Além de Mathias, como já falei. Os números do quinteto:

Day, cestinha mais uma vez. Foto: Nilton Nogueira/Franca
Day, cestinha mais uma vez. Foto: Nilton Nogueira/Franca

Robert Day: 19 pontos, 5 rebotes
Jefferson Willian: 17 pontos, 10 rebotes
Ricardo Fischer: 17 pontos, 7 assistências
Gui Deodato: 16 pontos, 3 assistências
Mathias: 10 pontos, 8 rebotes

ABRE ASPAS
Seguem declarações dos guerreiros ao repórter Luiz Lanzoni (Jornada Esportiva/Auri-Verde)

“Nós queremos fazer a final em casa. O primeiro objetivo foi cumprido, mas precisamos melhorar ainda e nossa evolução e comprometimento estão sendo importantes”, pontuou o armador Ricardo Fischer.

“Mais um passo dado. Foi uma noite inspirada de todos. Vamos continuar trabalhando forte, pois não estamos satisfeitos ainda”, avisou o ala Gui Deodato.

“Os jopgadores estão entendendo o espírito, nossa proposta de jogo. Estão evoluindo. Tem muita coisa pela frente, mas estou satisfeito. Ganhar aqui não é fácil e eles tiveram maturidade”, comemorou o técnico interino Hudson Previdelo.

Foto topo (Gui): Henrique Costa/Bauru Basket

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *