Categorias
Bauru Basket

Fala, Guerrinha! “Ricardo está muito pronto”

Na penúltima parte da série ‘Fala, Guerrinha!’, treinador fala da evolução do armador Ricardo Fischer na última temporada

Chegamos à penúltima parte desta ótima entrevista concedida pelo técnico do Paschoalotto Bauru, Jorge Guerra. Chegou a vez de ele falar de seu capitão, seu maestro. A última parte será mais longa e dedicada ao balanço da temporada, a discutir a queda de rendimento na reta final, sobre críticas, etc. Imperdível. Agora, segue o mestre falando do pupilo:

Ricardo-FischerO Ricardo evoluiu taticamente. Já evoluiu na defesa. Ele não tem envergadura, mas marca taticamente. É muito inteligente. E evoluiu fisicamente, trocou nove quilos de gordura por massa muscular, chegou até a enterrar. A cada temporada ele amadurece mais. E vai começar a soltar mais um pouco a bola, porque ainda sentia a necessidade de liderar o time decidindo. Mas ele tem 24 anos e a maturidade chega com 27, 28… Ele está muito pronto. Teve uma escola legal esta temporada, atuando com jogadores de poder de decisão e teve o espaço dele. E ele assume as coisas em jogo decisivo. Quem faz isso está mais exposto, mas só erra quem está lá.

 

Fotos: Luiz Pires/LNB (topo) e Henrique Costa/Bauru Basket (Ricardo)

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *