Categorias
Bauru Basket

Paschoalotto Bauru e Basquete Cearense iniciam série de oitavas do NBB 6

Pela primeira vez no NBB, Bauru encara o time de Bial em mata-mata

Nesta quarta-feira, às 20h, no ginásio Panela de Pressão, começa a série de oitavas entre Bauru Basket e Basquete Cearense deste NBB 6. De cara, é coerente afirmar que o favoritismo é do Dragão. Pelo elenco, pela melhor campanha — só uma posição à frente, mas com um segundo turno que mostra a real força do time de Guerrinha. Mas não será fácil. Dificilmente haverá a famosa varrida (fechar em 3 a 0). Afinal, nos quatro jogos entre esses times na história da competição, quem jogou em casa venceu. Mas ambos têm potencial para vencer fora — principalmente Bauru, daí o favoritismo.

O elenco está completo, não há problema de contusão, a equipe treinou em dois períodos esse tempo todo de preparação. E vem redondinha e animada, com a excelente reta final — sete vitórias nos últimos dez jogos.

Há várias curiosidades do confronto levantadas pelo site oficial da Liga, que você pode conferir clicando aqui.

ABRE ASPAS
“Nos preparamos muito para chegar bem nessa fase decisiva e estamos prontos para o que vier. Basquete Cearense é um time muito bom e temos que estar focados para vencermos as duas partidas em casa e começar bem a série”, disse o ala Gui Deodato, via assessoria.

“Se jogarmos com motivação, temos condições de passar pela equipe de Bauru. Vamos focar no nosso principal objetivo. É o nosso segundo ano no NBB e mais uma vez estamos nas finais. Vamos com tudo para tentarmos passar para a próxima fase. Teremos duas partidas fora de casa e buscaremos uma vitória, para tentarmos fechar em Fortaleza. Mas o playoff é longo. Confio muito na nossa equipe”, avisou o ala Matheus, do Basquete Cearense, à liga.

INGRESSOS
Os ingressos restantes serão vendidos no Bauru Shopping, entre 11h e 15h. Depois, só na bilheteria da Panela — se sobrar. Para o jogo 2, que será sexta às 21h30, o ponto de venda seguirá no shopping, no dia 10 (11h às 20h) e 11 (11h às 15h).

Foto: Sergio Domingues/HDR Photo/Bauru Basket

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *