Categorias
Bauru Basket

Bauru Basket: novo formato eleva o nível do Paulista

Foi definida nesta quarta-feira, na sede da Federação Paulista de Basquete, que o próximo campeonato estadual terá seus 12 clubes (nove deles do Novo Basquete Brasil) jogando entre si, em turno e returno, e não mais separados em dois grupos. Isso confere maior competitividade e tornará os times paulistas que disputarão o NBB6 ainda mais fortes.

Na temporada 2012, o Bauru Basket disputou 12 partidas na fase inicial. Agora, serão 22 jogos antes dos playoffs, a partir das quartas de final. Como a “nota de corte” é generosa, classificando-se oito de 12, a FPB poderia ter adapatado o regulamento de mata-mata da Liga Nacional, que premia os primeiros colocados com lugar direto uma fase adiante. Poderia promover os dois primeiros direto às semifinais e os quatro seguintes (do terceiro ao sexto) brigariam pelas outras duas vagas. Mas, já houve um avanço e será um grande Campeonato Paulista.

O Bauru Basket terá que ficar atento, apenas, ao desgaste. Em paralelo à disputa estadual, haverá a Liga de Desenvolvimento (que precisa de Ricardo, Gui, Scaglia e Kesley) e a Liga Sul-Americana. Que Guerrinha saiba poupar seus comandados na hora certa, em jogos mais fracos ou que não influenciem na mudança de posição na classificação.

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *