Categorias
Bauru Basket

Bauru 0, Uberlândia 3: valeu!

Que noite, amigo! Em compromisso, só me restou acompanhar a luta dos guerreiros no tempo real do celular, roendo as unhas esperando a atualização do placar. Pelo scout da Liga, era possível imaginar o Gui destruindo nas bolas de três, o Jeff brigando no garrafão, o Larry infiltrando, o Ricardo conduzindo o time. E de repente me surpreendi com Andrezão! Pelo jeito, não está com dengue, tomou remédio e foi para o sacrifício, depois de grande indisposição. Pilar deve ter brigado muito pela bola e Mosso deu boa contribuição. Kesley e Nandão, certamente, apoiaram os companheiros e foram, de certa forma, um pouco de cada torcedor, mas do lado de dentro.

Depois de uma sequência de dificuldades que foi minando o poder de fogo do elenco, o Dragão deu sua última lição de superação. A reação de torcedores, orgulhosos, agradecendo e parabenizando o time nas redes sociais, resume o que foi essa temporada intensa, de baixos e altos, que terminou com classificação para a Liga Sul-Americana — que classifica para a Liga das Américas.

Com calma, nos próximos dias, o Canhota analisa a campanha bauruense no NBB5. E, como disse o diretor Vitinho Jacob, a temporada 2013/2014 já começou. Então, logo pintarão novidades sobre a formação do novo elenco. Vem notícia boa por aí.

Por enquanto, só resta desejar bom descanso aos guerreiros. Eles merecem.

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Jornalista e mestre em Comunicação pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *