Categorias
Bauru Basket

Atropelamento no Triângulo Mineiro. Anotaram a placa: Paschoalotto Bauru

Uberlandenses sofreram derrota para o Dragão com 15 pontos de diferença. Confira!

Ao projetar os últimos jogos de Bauru no NBB, poucos ou quase ninguém botou na conta uma vitória sobre Uberlândia, lá em Minas. Não era descrédito, era matemática, tabu mesmo: oito derrotas seguidas no NBB. O próprio Guerrinha reconhece que do lado de lá tem um elenco mais azeitado. Só que também mais sujeito a trocas de treinador, ginásio neutro, noite infeliz. Mas, principalmente, sujeito a encarar um adversário que foi impecável. Que funcionou na defesa — obrigando o adversário a exagerar (e errar) os chutes de fora — e apostou no jogo interno para vencer por inapeláveis 85 a 70.

No último sábado (contra o Basquete Cearense) e agora, Bauru matou dois confrontos diretos a seu favor. Se empatar em número de vitórias com Uberlândia ou o time de Bial, fica na frente. Outro time do bolo é Franca, o adversário de sábado fora de casa. Se perderem de até 14 pontos de diferença, faturam mais uma vantagem. Contra São José, o sexto, Bauru também tem vantagem. Contra Pinheiros, o quinto, idem. O problema está em alcançar essa turma pelo número de vitórias. Sétimo e oitavo são as realidades mais palpáveis. Se bem que todos terão jogos difíceis nessa reta final. Resumindo: entre sexto e oitavo é uma realidade. O quinto seria o acréscimo de um gole de sorte. Quarto não dá mais.

O jogo
O Dragão dominou amplamente o primeiro tempo e temia-se uma volta sangue nos olhos de Uberlândia no terceiro período. Mas, novamente, os alvilaranjas ampliaram a vantagem, que só foi administrada na derradeira fração. Mesmo poupado de preciosos dez minutos, por conta de dores no joelho, Ricardo Fischer foi providencial. Murilo e Larry, os papa-números de sempre. Gui e Barrios, coisa boa, contribuindo com números consistentes.

Números
Murilo Becker: 25 pontos, 7 rebotes, 3 assistências
Ricardo Fischer: 18 pontos, 4 assistências, 3 rebotes
Larry Taylor: 12 pontos, 8 rebotes, 4 assistências
Gui Deodato: 9 pontos
Fabian Barrios: 8 pontos, 7 rebotes, 5 assistências

Abre aspas*
“Parabéns a Bauru. Começou bem o primeiro tempo, melhor ainda o segundo. Baita vitória pra quem quer beliscar posição lá na frente. A torcida deles começou a pressionar e tivemos tranquilidade. Dá confiança para começarmos bem os playoffs”, comemorou Murilo.

“A gente perdeu jogos bobos no começo. Sabíamos que ia ser difícil, mas conseguimos construir essa vitória”, comentou Andrezão.

“Sensacional! Ganhar de 15 pontos aqui… Agora é pensar em Franca e sair com duas vitórias da estrada. Felizmente, consegui jogar bem e senti pouca dor no joelho. O time foi maduro hoje e mostrou nossa força para chegar nos playoffs”, disse Ricardo Fischer.

“Em basquete, 15 pontos não é diferença. A gente que que voltar a fazeras coisas que não estávamos fazendo. O time d e Uberlândia soube tirar a diferença, mas nos recuperamos. Valeu pelas variações táticas, pela defesa, pelo revezamento. Ganhamos num momento decisivo. Um time sem confiança é ruim. E traduzir trabalho em resultado dá confiança”, avaliou o técnico Guerrinha.

* Entrevistas ao repórter Arthur Sales (Auri-Verde/Jornada Esportiva).

Bauru pode chegar a 19 vitórias em 32 jogos (59,3%). Pega Franca sábado, Brasília dia 27 e Goiânia dia 29. Tem condições de vencer as três. Fiquemos de olho na simulação dos playoffs.

Foto de Caio Casagrande/Bauru Basket

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *