Categorias
Esportes

As injustiças do Brasileirão

Arthur Sales Pinto questiona as intervenções que atrapalham os pontos corridos

A seção ‘Fala, universitário!’ ganha mais um colaborador. E ele traz bons elementos para afirmar que, apesar de justos, os pontos corridos sofrem com agentes externos. Confira!


Por Arthur Sales Pinto*

A fórmula dos pontos corridos é unimidade nos quesitos justiça e estímulo à organização dos clubes, mas mesmo assim está longe de ser perfeita. A justiça nos pontos corridos está contida na igualdade de desafios que um time precisa enfrentar ao longo da competição, todos os times enfrentam todos, os confrontos são os mesmos e, ainda assim, em situações normais, sem alteração de tabela, essa igualdade já não é plena. Os melhores exemplos estão nas rodadas finais, um time que briga pelo rebaixamento vai vender a derrota muito mais caro do que quando já estiver rebaixad – vantagem de quem o confrontar depois. O mesmo vale para um candidato ao título, à vaga na Libertadores, etc.

Quando a tabela é alterada, a situação é semelhante. Na data original do jogo, uma equipe pode estar em melhor ou pior fase do que na data da remarcação, beneficiando ou prejudicando seu adversário em relação aos que enfrentaram o primeiro na sequência correta. Por isso, a mudança de datas deve ser evitada ao máximo, o que não ocorreu na última rodada do brasileiro.

O Santos foi liberado pela CBF de disputar ontem o clássico contra o Corinthians sob o argumento de não aguentar a maratona de jogos. Muito talvez se deva à escolha do time da Vila pelo Pacaembu – em detrimento do Morumbi – como palco do jogo decisivo da Libertadores. A medida compromete duas vezes o campeonato. O confronto com o Corinthians será agora apenas em agosto, quando o contexto será outro. O Santos poderá estar mais forte ou mais fraco – o time do Parque São Jorge idem – e a tabela será sempre contaminada com o jogo a menos tanto de um como de outro. Por outro lado, o jogo entre Corinthians e São Paulo também será prejudicado com as duas semanas de descanso do Timão. Se o problema era a Libertadores, faria mais sentido abdicar de todos os jogos do Brasileiro até que a participação do Peixe na competição continental se encerrasse.

Seleção desfalca clubes
Outra injustiça são as convocações para as seleções, tanto a principal como a sub-20. Com o calendário do Brasileirão coincidindo com o de competições internacionais, alguns times serão muito prejudicados com a ausência de seus atletas.
Analisando o quadro ao lado, fica claro que Santos e São Paulo são os mais prejudicados, se levarmos em conta o peso dos atletas que perdem. Elano, Paulo Henrique, Neymar e seus possíveis substituos (Felipe Anderson e Alan Patrick) pelo Santos; Lucas, Casemiro e Henrique, pelo São Paulo. Prejuízo total para a dupla San-São. Por essas, e algumas outras, o Brasileirão passa longe da justiça.

* Arthur Sales Pinto é aluno do segundo ano de Jornalismo da Unesp Bauru e edita o blog Doente 91

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

5 respostas em “As injustiças do Brasileirão”

tá bom que o pontos corridos é justo, mas ao mesmo tempo pobre em emoção, se bem que a CBF tá pouco ligando se o campeonato é justo ou não, o que ela quer é encher o bolso e agradar a Globo, que se dane o que os torcedores acham neh

é um lixo para o brasil na copa américa que vergonha seus idiotas vagabundos errar o penalti coisa dessa que vergonha

jogadores safados

fora mano acabou

fora ricardo teixeira

entra muricy ramalho
ajuda o brasil na copa muricy

vai pra casa mano menezes

2013 é arena palestra

é copa das confederações
2014 é brasil é fielzão que é do povo brasileiro nota 0 para o mano menezes.

sai tite falou mal para o felipão que não fez nada é assim que respnde mal para o felipão tite agora sai não tem desculpa oh felipão não esquenta cabeça não fica felipão deixa o tite falar sozinho ó tite fala muito fala muito faala muito cala a sua boca tite tá.

dança corinthians dança porque o palmeiras o flamengo e o são paulo vão rir a toa dança corinthians dança flamengo e dança são paulo e o palmeiras está chegando e buscar a liderança do brasileiro vamos secar o corinthians o flamengo o são paulo e o vasco e o palmeiras vai ganhar tudo e ser campeão brasileiro sul – americana libertadores e mundial de interclubes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *