Categorias
Bauru Basket

Mathias acerta com Franca e diz para Bauru: “Até logo”

Após fim de sua passagem pelo Paschoalotto Bauru, pivô Mathias revela em entrevista ao C10 que já é jogador do Franca

Tudo aconteceu muito rápido. Na sexta-feira, foi decidido que o contrato do pivô Thiago Mathias não seria renovado, após algumas semanas de conversas. A Associação até queria contar com ele, mas, ao contrário do que muitos pensam, o dinheiro não está jorrando. Portanto, não foi uma decisão técnica e, sim, orçamentária. Claro que passa pela quadra, pois, com o tempo médio do jogador (9,7min no NBB 7), faz sentido apostar na ascensão de Wesley Sena. Junte-se a isso propostas de outros times e pronto: o diálogo findou-se no adeus. E nesta segunda, após a notícia em primeira mão do Canhota 10, veio mais tarde o anúncio oficial e a despedida do jogador, via Facebook.

Procurei o rei dos tocos, o impagável e carismático Príncipe Balothias para falar dessa despedida. De quebra, o jogador confirmou com exclusividade seu destino. Sucesso, pivô colorado!

balothias-3Como chegou até você a notícia da dispensa? Como você estava nos planos, não foi por motivos técnicos, certo?
Foi através de uma reunião que meu agente teve com o Vitinho [Jacob, diretor técnico]. Eles conversaram que eu não teria tanto espaço na equipe e eu estou numa idade em que preciso jogar pra mostra o meu trabalho e potencial.

Nesse meio tempo, já chegaram sondagens? Houve o interesse de Franca…
Chegou sim e de primeira mão eu lanço pra ti que eu acabei de acertar contrato com a equipe de Franca.

Que balanço você faz da sua passagem por Bauru?
Faço um balanço muito positivo, pois consegui jogar com grandes jogadores e realizar sonho de poder jogar numa equipe forte e que conquista títulos.

Quais as melhores lembranças que você vai levar de Bauru?
É dificil falar melhores lembranças, pois passei por muitas coisas boas aqui em Bauru. Queria agradecer a todos que eu conheci, todos aqueles que vieram pra me dizer palavras de apoio e também aquelas pessoas que vieram me dar aquele puxão de orelhas. Muito obrigado mesmo, pois vocês fizeram eu me tornar um jogador melhor e uma pessoa particularmente melhor. Também queria aproveitar esse espaço pra agradecer a duas famílias em especial, pois foram elas que me acolheram aqui em Bauru, quando eu estive com alguma dificuldade. Muito obrigado às famílias da Andrea Pimentel e da Carla Freitas, que me acolheram como filho.

A torcida gosta muito de você. Deixe um recado para a galera da arquibancada…
À torcida do Bauru Basket eu só tenho a agradecer pelo apoio. Muito obrigado por essas duas temporadas de apoio e de carinho com a minha pessoa. Podem ter certeza que isso não é um adeus, mas sim um até logo…

 

Fotos: Henrique Costa/Bauru Basket

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *