Categorias
Bauru Basket

Hettsheimeir admite pretensão de jogar na NBA

Rafael Hettsheimeir revela que está tentando oportunidade na NBA

 

Durante a entrevista coletiva que abriu os trabalhos da Copa Intercontinental 2015 (Paschoalotto Bauru x Real Madrid), o pivô Rafael Hettsheimeir esteve presente (junto com o ala Alex Garcia e o técnico Guerrinha) e não fugiu de uma questão inevitável: o pedido de dispensa da Seleção Brasileira, que vai disputar em setembro a Copa América.

Relembrando: o jogador alegou problemas pessoais, mas em entrevista à Gazeta Esportiva, o técnico Magnano entregou que o camisa 30 do Dragão está de olho na NBA: “Ele disse que faria um teste na NBA, mas ainda não deu respostas porque perguntei ‘quando é essa prova? Onde é essa prova?’ para tentar coordenar a possibilidade de ele voltar e jogar a Copa América”, disse o argentino.

Na partida da última quinta-feira, contra Osasco, Hett reafirmou ao Canhota 10 o motivo particular para pedir a dispensa. Que, de fato, houve. Mas faz parte esse jogo de xadrez com as palavras, até por conta de não deixar a torcida apreensiva, pois ele pode ir, fazer o teste, não passar e voltar.

Diante da imprensa basqueteira, entretanto, acabou por admitir. “Todo mundo achou estranho e justo perto da Olimpíada pedir dispensa. Eu pedi esperando essa oportunidade da NBA e tive alguns problemas pessoais e não pude estar agora com a seleção. Liguei pra ele [Magnano], conversamos rápido, eu falei, ele disse ‘Ok, está tudo bem’. Foi decisão minha, Bauru não interferiu”, contou, segundo repercutiu o site da ESPN Brasil.

Apesar de dizer que espera chamar a atenção nos jogos contra o Real Madrid e nos amistosos da NBA, é provável que Rafael faça o teste antes do Intercontinental. A conferir.

 

Foto: Caio Casagrande/Bauru Basket

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *