CANHOTA 10

Paschoalotto/Bauru Basket, novo elenco (1)

Vamos começar a falar do elenco na temporada 2012/2013!

Obviamente aparecerão algumas especulações, mas serão tratadas como tal. Este espaço só vai cravar nome quando for oficial. Toda vez que o Canhota 10 for tratar do assunto, será com esse título acima (atualizando a numeração).

A novidade do dia, a partir de contato de seu agente, Vinicius Fontana, é a de que renovação a com o pivô JEFF AGBA está longe de um acordo. “Houve contato de Bauru, prontamente rechaçado. Jeff está no mercado e analisando ofertas. Acreditamos que seja o momento de esperar e tentar de fato ser valorizado, seja em Bauru ou aonde for. Não existe nada encaminhado quanto a renovação. Jeff sempre deixou de lado sua valorização para ficar em Bauru, está em idade de pensar em seu futuro e ele mesmo quer se ver numa situação aonde lhe tenham como prioridade. Se isso vai acontecer em Bauru, o tempo dirá…”, disse o agente.

Se um pivô pode sair, outro pode chegar. Lembra do grandalhão OTIS POLK, que disputou em Bauru a Liga das Américas pelo Leones de Quilpué, do Chile? Ele chamou a atenção de Guerrinha e da diretoria na ocasião, quando, nos três jogos do grupo, teve média duplo-duplo: 17 pontos e 11,6 rebotes. Questionado sobre essa possibilidade, o diretor Vitinho Jacob afirmou que o nome do norte-americano está sendo avaliado e poderá surgir uma sondagem. “Eu adoraria jogar em Bauru. É um time organizado, tem uma torcida ótima e é uma cidade bonita”, disse Polk a mim, em março, sobre a possibilidade.

Aproveitei o contato de Vitinho para sugerir dois nomes, dois sonhos de consumo. Um deles é impossível: o ala Diego Lo Grippo, do Quimsa da Argentina, ganha US$ 30 mil (o que morderia grande parte do aporte da Paschoalotto) e tem contrato renovado por lá. Também citei o nome de Shilton, mas o diretor disse não ser a melhor opção para a composição do elenco.

Sonhos de lado, voltando à realidade. O primeiro nome que surgiu, apurado pelo Jornada Esportiva, é o do pivô DRUDI, de Franca. Mas tudo ainda no início: ele está entre os nomes que comissão técnica e diretoria levantaram. As sondagens devem se intensificar na próxima semana. Ao microfone do Rafael Antônio, Vitinho ainda revelou que um ala pontuador da posição 3, envolvido nas quartas do NBB, está entre os pretendidos. Por dedução, ROBERT DAY. Há outro nome forte, mas é preciso aguardar o fim de sua participação no nacional, para não tirar o foco do rapaz.

Comentários

  1. Rafael disse:

    Todo ano a renovção do Jeff é essa novela. Na temporada passada ou retrasada os seus agentes recusaram a oferta inicial de Bauru e ofereceram o jogador a varios times. Nenhum cobriu a proposta. Os agentes voltaram com o rabo entre as pernas e aceitaram um contrato menor do que o inicial, pois Bauru já tinha comprometido sua folha de pagamento.

  2. Paulo Paixão disse:

    Não sei até quando é viável fazer esforço para manter o Jeff no elenco, talvez seja uma boa testar o tal Otis Polk.
    Robert Day seria uma boa, ainda mais pelo estilo de jogo do Guerrinha (arremessos de 3). Larry, Fischer e Robert Day seria um trio de respeito rs

  3. Leandrão disse:

    O Robert Day já havia sido especulado no começo da ultima temporada, Guerrinha citou que ele teria desejo de jogar por Bauru, é um excelente 3, joga pelo time, e tem um chute muito bom, tem fator forte de decisão!!!!!!!

  4. É,mas o Robert Day não vai querer sair tão fácil de Uberlândia.O Polk foi uma boa e parece que o pessoal andou ouvindo o Jornada Sportiva e as participações dos ouvintes!hahahahaha
    o Time bauruense tem que buscar fora mesmo,além de buscar dentro também e pincelar legal,basta de jogadores vindo de resto de outras equipes.
    Testar o Polk é uma boa.
    Acho que também se precisa de um reserva decentemente pro Larry Taylor,porque só o Luquinha é muito pouco.
    Abraço e é bom ver o time bauruense correndo atrás de reforços!

  5. João Paulo Benini disse:

    Fernando, estive recentemente no Uruguai e pude ver a final do campeonato de lá entre Hebraica Macabi e Malvin. O MVP dos playoffs foi o pivô brasileiro Hatila Passos, ex-Uberlândia. http://www.fibasquete.com.br/hatila-passos-leva-o-hebraica-macabi-ao-titulo-da-liga-uruguaia/

    Pode ser um nome interessante, tend inclusive passagens pela seleção brasileira.

    Cheguei a comentar o nome com o Caio, que ficou de passar à diretoria.

  6. Guilherme disse:

    Dedé Shamell são bons nomes pra ala
    Jefferson Tbm é um bom nome pra ala pivô além claro do drudi

  7. Guilherme disse:

    Hátila Tbm pode ajudar mto, ótimo pivô

  8. Augusto disse:

    Queria muito ver John Thomas ex Assis com a camisa do Bauru, na minha opinião é o ala que o Guerrinha tanto necessita.

  9. Guilherme disse:

    Deivisson pra reserva

  10. Jonathan disse:

    Acho que Bauru agora com esse (pouco) á mais em grana pra gastar , deveria muito bem pensar antes de agir , acho que R.Day é um cara muuuuito caro , olharia com mais carinho pro Arthur de Brasilia , que também é caro porém tem a experiência de titulos no NBB.
    Quanto ao pivô, o correto seria a permanência do Jeff Agba , mesmo com opniões contrarias , isso seria o mais correto , o cara já está acostumado com o basket brasileiro , já está inserido no grupo do Bauru a algum tempo , eu tentaria renovar com o Jeff e trazer um pivo pra ser reserva A ALTURA do titular , porque o Jeff no tempo que está em Bauru , não teve um companheiro de posição que pudesse fazer um bom revesamento. Quanto a posição 4 , essa é uma incógnita , trazer o Drudi ganhando muuuuito mas em fim de carreira só pela experiencia ? Acho que não compensa… Acho que na 4 sim , deveriamos olhar para um estrangeiro com um pouco mais de carinho…

    VAMO MEU BAURU!

  11. Jonathan disse:

    *Desculpe , não desacreditando do Polk , muito pelo contrario , assisti os jogos dele aqui em Bauru , achei um jogador muito regular , porém tem toda fase de se encaixar no estilo do nosso Basket.

  12. André Luiz Pinto disse:

    Um jogador do QUIMSA que me chamou a atenção foi o ala Tintorelli poderia ser um bom reforço!
    O Polk vindo para uma liga mais forte, recebendo um pouco mais de treinamento físico (um pouco pesado) e tendo uma boa supervisão técnica, seria um bom reforço, além do preço ser mais acessível!
    Quanto ao Drudi, acho que seria uma ótima contratação, ele faz um ótimo trabalho defensivo e tem um bom desempenho de ataque!
    E Robert Day seria uma opção excelente! Ele me lembra muito o americano Jefty que era jogou na época do Tilibra!
    Eu gostaria muito de ver em Bauru o Valtinho do Uberlândia, mas deve ser caro! E mesmo o retorno a Bauru do Ricardo Probst do Franca!!

  13. Rodrigo disse:

    Um cara que me chamou muito a atenção foi o Robinson do Quimsa, que já jogou um NBB pelo Minas… acho que ele cairia muito bem nesse time. e trazer o Shamell tbm…

  14. Vitinho disse:

    Galera ! Boa Notícia fresquinha …
    O JEFF É NOSSO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!