Categorias
Noroeste

Noroeste mata o Tanabi no início e fecha turno no G-4

Com quatro vitórias seguidas sem sofrer gols, Noroeste está em terceiro na Bezinha. Tanabi foi a vítima da vez

retranca-bezinhaQue fase! Normalmente se usa a expressão para as vacas magras, então, arrumemos: que grande fase! Ao vencer o Tanabi por 3 a 0 nesta manhã de domingo, fora de casa, o Noroeste alcança sua quarta vitória seguida na Bezinha e se consolida no G-4 do Grupo 1, terminado o primeiro turno.

A campanha alvirrubra, de cinco vitórias, um empate e três derrotas, tem uma particularidade importante: as cinco vitórias foram sobre os times que estão na metade de baixo da classificação. Isto é: o próprio Norusca os empurrou para baixo, afastando-os do G-4. Agora arrumadinho, contando com Marcelo Santos inspirado no meio e uma defesa que não sofre gols há quatro jogos, o Noroeste tem que embalar pra cima de Grêmio Prudente, Vocem e Assisense.

O Trem-Bala matou o jogo na metade do primeiro tempo. Avassalador. Luciano abriu o placar aos 13min, no jogo aéreo, completando cobrança de escanteio. Aos 19, Marcelo Santos ampliou — a camisa 10 e a liberdade para criar estão revelando o antes discreto lateral-esquerdo como um ótimo maestro. E Luiz Azevedo avançou rumo ao gol para fechar o placar aos 23. Depois, mais chances foram criadas, o Tanabi não conseguiu reagir e time e torcida (Sangue e Falange estiveram lá) voltam para Bauru de sorriso largo.

O próximo compromisso é contra o Assisense, no próximo sábado (20/jun), contra o Assisense, no Alfredão. Horário a confirmar.

ABRE ASPAS
Entrevistas ao repórter Jota Augusto (Auri-Verde 760AM)

“Tivemos chance pra cacete pra fazer mais gols no segundo tempo, mas o campo é muito ruim. Mas está bom, o importante foram os três pontos. Eu já tinha falado no começo que iríamos ter um início difícil com a molecada, mas depois íamos nos ajustar. O time hoje está acertado, não tomamos gols, estamos no caminho”, comentou o técnico João Martins, que disse que ia tomar um “guaraná sem gelo” pra comemorar a boa fase. Merece.

“Estou feliz por poder ajudar a equipe nessa grande vitória. O professor me deu confiança, agora é me empenhar para crescer cada vez mais”, comemorou o zagueiro Luciano, destaque das últimas partidas.

O Noroeste venceu jogando com Aranha; Alisson Pririnha, Luciano, Igor e Ian; Makelelê, Luiz Azevedo e Marcelo Santos (Thiago Cardim); Walker, Giovani (Alison José) e Hygor Silva (Tuxa).

 

Foto: José Roberto Pavanello/Sangue Rubro

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *