Categorias
Noroeste

Contra o Red Bull, seja rubro, Norusca!

Contra o Monte Azul, na última quarta, o Noroeste jogou todo de vermelho debaixo uma lua só – partida às 15h. E o adversário estava de azul, poderia ter jogado de branco. Então, aqui no Alfredão, sua casa, às 19h, sem horário de verão, sol indo embora, tem que jogar de rubro. A não ser que… a transmissão pela TV (Rede Vida) influencie a escolha do uniforme, pensando na maior visibilidade das marcas. A conferir.

Outra expectativa para o jogo é a possível entrada de Velicka no meio, empurrando Leandro Oliveira para o ataque – sai Romarinho. Estou curioso para ver o meia canhoto em sua posição de origem. O zagueiro Oliveira poderá estrear na vaga do capitão Marcelinho, suspenso. A leitora Kelly Janiro me perguntou se acho que dá para o Alvirrubro ganhar do líder. Claro! Primeiro porque está em casa, tem camisa e o time tem potencial. Também porque é o momento-chave para mostrar que tem força para lutar pelo acesso – pois serão apenas jogos desse nível na segunda fase, não haverá baba. E o Red Bull vem de duas derrotas em casa, não é bicho-papão.

Por Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestrando em Comunicação Midiática pela Unesp, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. É produtor de conteúdo freelancer pelo coletivo Estúdio Teca. Resenhou 49 partidas da Copa do Mundo de 2018 para Placar/Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, a princípio para cobrir o esporte local (ganhador do prêmio Top Blog 2013), e agora lança olhar sobre o futebol nacional e internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *