Os canhoteiros

Fernando Beagá

Mineiro de Ituiutaba, bauruense de coração. Formado em Jornalismo pela Unesp Bauru, atuou por 16 anos na Editora Alto Astral, onde foi editor-chefe e responsável pela implantação e edição das revistas esportivas. Foi colaborador da 94FM e colunista do jornal Bom Dia Bauru. É freelancer do site de Veja. Criou o CANHOTA 10 em 2010, veículo que se tornou referência para torcedores, ganhou prêmio nacional (Top Blog) e voto de aplauso da Câmara Municipal.

Júlio Penariol

Natural de Jaboticabal, bauruense de coração. Formado em Jornalismo e mestre em Comunicação pela Unesp Bauru, atuou na Editora Alto Astral, onde foi editor. No jornal Bom Dia Bauru, foi repórter de esportes e conheceu os bastidores de todas as modalidades antes de se tornar editor. Hoje, é repórter, produtor e editor de texto na TV Unesp.

O CANHOTA 10 é fruto dessas trajetórias de dedicação ao Jornalismo.

Por que CANHOTA 10?
O jogo bonito precisa de um craque, que no futebol é caracterizado pela camisa 10. Número este que costuma vestir o meio-campista clássico, função iconicamente associada ao atleta canhoto. O meia-esquerda, o maestro, o cadenciador. Figura do futebol que pode ser transportada para o armador do basquete, a levantadora do vôlei… Cada um com sua camisa ou lado mais forte, mas todos dispostos a encantar. Sob esse espírito, o CANHOTA 10 propõe um texto com mais ginga, mais atitude, mais humanidade. Que vá além da informação, que acrescente opinião e emoção a ela. Vestindo a camisa 10 de Bauru.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *