CANHOTA 10

São Paulo passeia em Bauru; Noroeste complicado

Há momentos em que time pequeno se agiganta contra os grandes. Sobretudo em partida de TV aberta. Entretando, o Noroeste encolheu diante do São Paulo. Viu o Tricolor passear no gramado do Alfredão. Mesmo desfalcado, o clube do Morumbi tocou bola tranquilamente e fez belos gols, nas finalizações com estilo de Dagoberto e Ilsinho. Agora, a vida noroestina na elite estará em jogo no próximo domingo, contra o Ituano, em Itu. Já foi recomendado neste espaço muita reza. Agora, não tem jeito. Se não jogar bola, não fica. Deus tem mais o que fazer. Ao jogo:

Primeiro tempo

Depois de homenagem a Rogério Ceni e minuto de silêncio às  vítimas do massacre da última semana no Rio de Janeiro, a partida começa morna debaixo de sol forte. O primeiro a chegar é Diego, que penetra na área e arranca escanteio aos quatro – mal cobrado. Aos seis, o São Paulo assusta. Rivaldo cruza na área e Gleidson, ao cortar de cabeça, quase faz contra!

A primeira chegada aguda do Tricolor é aos 12, novamente em cruzamento de Rivaldo. O camisa 10 cobra falta na área e Rhodolfo cabeceia no travessão. Na jogada seguinte, Vandinho arrisca de longe, à direita de Rogério Ceni. Aos 19, Diego lança Gleidson – o lateral arranca e consegue cruzar, mas Ceni intercepta.

O Tricolor chega forte de novo aos 25. Jean desce pela direita e rola na meia-lua para Rivaldo, de primeira, chutar por cima. Três minutos depois, Dagoberto limpa a zaga, bate de fora da área e Yuri defende em dois tempos. Aos 31, o goleiro noroestino faz milagre, ao defender com os pés finalização de Jean.

O São Paulo chega ao gol aos 35. Junior Cesar tabela, é lançado na área e, segundo o árbitro, derrubado por Márcio Gabriel, que leva amarelo. Pênalti cobrado por Rogério Ceni, no ângulo direito – gol número 101 de sua carreira.

Baqueado, o Noroeste consegue responder aos 38, em cruzamento de Marcio Gabriel. Xandão tenta cortar e Ceni evita o gol contra. Minutos depois, já irritada, a torcida reclama muito de faltas não marcadas a favor do Noroeste. O volante França, na pilha, leva cartão amarelo após reclamar de um desses lances. É com esse misto de apatia no ataque e cabeça inchada que o Norusca vai para o vestiário…

Segundo tempo

Falhando no passe, o Alvirrubro começa o segundo tempo sem passar sustos. E tem a boa primeira chance aos 13, em boa cobrança de falta ensaiada: Otacílio Neto bate forte, a bola desvia na barreira e raspa a trave direita. No ataque seguinte, o Norusca se complica…

França mata contra-ataque tricolor aos 14 e é expulso ao levar o segundo amarelo. Na cobrança de falta, Dagoberto lança Jean, que cruza para Marlos, livre na pequena área, ampliar. 2 a 0.

Tentando melhorar a situação, Jorge Saran troca Diego e Vandinho por Aleílson e Giovanni. Mas, é novamente a rede de Yuri que balança. O São Paulo puxa contra-ataque após Rogério defender com dificuldade chute forte de Otacílio Neto. Lançado em velocidade na esquerda, Marlos cruza rasteiro para Dagoberto, livre, fuzilar. Isso aos 30 minutos.

Dois minutos depois, o Norusca tem um lampejo. Aleílson entra driblando a zaga tricolor e chuta forte, descontando para 3 a 1. Depois disso, o time não consegue pressionar. É o Tricolor que segue pressionando. Em chute por cima de Willian José (substituto de Rivaldo), depois em finalização de Marlos pra fora após costurar a zaga e, por fim, em finalização na trave de Jean, depois de cruzamento de Junior Cesar – antes de ampliar o placar pela última vez.

Ilsinho, que entrara no lugar de  Casemiro, avança pela meia esquerda e faz belo gol, aos 45, batendo colocado no ângulo esquerdo. O bom número de são-paulinos no estádio vibra muito e pode ir para casa feliz com o bom futebol jogado por seu time. Toque de bola fácil e belos gols.

Foto na homepage: reprodução GloboEsporte.com

Comentários

  1. João Carlos disse:

    Bem,isso já era esperado. Com esse time mediocre, o Norusca jamais faria frente ao São Paulo. E essa Diretoria realmente mostrou à que veio; mesmo precisando vencer o jogo para fugir do rebaixamento, nada fez para que o Torcedor Noroestino estivesse lotando as arquibancadas do Alfredão…!!! Ao Time, a série A2, aos Torcedores, bananas… Agora, irão arrumar ônibus e ingressos grátis, para a torcida ir a Itu gritar sua paixão pelo Time…!! E o sofrido coração Noroestino, chora… Dirigentes INCOMPETENTES e INCONSEQUÊNTES..!!! Talvez seja a hora do Sr.Claudio Amantini assumir o Norusca mais uma vez… Pelo menos, amor não faltará, tampouco vergonha na cara e cobranças.!!

  2. Diogo Ghosn Inácio disse:

    Caindo ou não, a verdade é uma só: esse não é o centenário Esporte Clube Noroeste. É o XV de Bauru!!!

    E, se não cairmos, será graças a mediocridade dos demais, e não por méritos, porque só há méritos nas grandes vitórias e, sobretudo, nas grandes conquistas, o que não é o caso, pois escapar do rebaixamento não é digno de comemoração e sim de alívio, serve apenas para dizermos que foi menos pior!!!

    Na A-2 ou na A-1, quero o meu Norusca, o Trem-Bala bicampeão do Interior, de volta, e já!!!!!!!!!

  3. Reynaldo disse:

    Sinceramente….So teremos sossego quando esses dirigentes sumirem e alguem de Bauru assumir o clube.Se o Norusca permanecer naA-1 com certeza teremos que aguentar esta mesma lenga lenga no proximo ano.Tudo parece estar sendo encaminhado para uma situacao sem fim. A nao ser que eles caiam fora de vez.

  4. Ricardo Henrique Ferraz disse:

    A verdade uma só “Ruim com ele, pior sem ele”!!!! Matheus volta por favor!!!

  5. Kelly disse:

    O resultado ja era esperado. Acho que la em Itu da pra ganharmos e com um pouquinho de sorte, ajuda de São Caetano que pega o Linense e Portuguesa que pega o São Bernardo, não cairemos. Vamos la…

  6. Nilton Santos disse:

    O São Caetano bate o linense,o problema é o ECN…
    estaremos lá em itú.

  7. O 1º lugar do paulistão é muito importante para os outros times porque para nós tricolores é só mais um tempero para a conquista de mais um titulo, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.