Noroeste busca empate contra o Rio Preto e classificação ainda está ameaçada

O empate contra o vice-lanterna Manthiqueira, na última quarta-feira, ainda incomoda. Porque ali, sim, foram dois pontos perdidos. Neste domingo ensolarado, o Noroeste foi buscar um ponto contra o Rio Preto. Ficou atrás no placar duas vezes e alcançou o 2 a 2. Claro que não é nada bom empatar diante da torcida, mas a boa partida da dupla de ataque Gindre e Jorge Mauá (autores dos gols) minimizou o prejuízo.

Agora, o Norusca soma 27 pontos e está na sexta posição, apenas três à frente do nono colocado. Isto é, a classificação para os mata-matas ainda não é uma realidade. Os três jogos restantes são cascudos: visita o Monte Azul (que ainda não perdeu em casa), recebe o Olímpia (que luta para não cair) e termina a primeira fase fora de casa, contra o Taboão da Serra, que hoje ocupa exatamente a nona posição…

Pela regularidade — o Noroeste está no G-8 desde a primeira rodada —, tudo indica que a equipe chegará à segunda fase. Mas precisa confirmar isso em campo! Alberto Félix admitiu na coletiva pós-jogo que ainda gira o elenco nas escalações para contar com todos bem na hora da verdade. Foi o caso do meia Michel, hoje titular, enquanto Leandro Oliveira e Samuel seguem poupados. Sobre a possibilidade de Leandro Oliveira estar fora por estar negociando com o São Bento, a palavra oficial do clube é que não há nada, o jogador está fora apenas para recuperação física.

Com uma semana para trabalhar, o Norusca deve se atentar aos erros defensivos e é sempre bom melhorar a pontaria.

O Noroeste empatou com o Rio Preto jogando com Ferreira; Pacheco, Jean Pierre, Marcelinho e Lucas Hipólito; Maicon Douglas, André Rocha (Igor Pimenta), Michel (Wellington) e Vilson; Gindre e Jorge Mauá (Alef).

 

Foto: Bruno Freitas/Noroeste