CANHOTA 10

Raio-X de Halisson

Confira a trajetória do terceiro zagueiro contratado pelo Noroeste, que nasceu em Bauru

Marcando o colorado Nilmar, em ação pela Lusa, no Brasileirão 2008

O Noroeste anunciou na quinta-feira (9/12) mais um reforço na posição mais carente, a zaga. Halisson chega com a credencial do vice-campeonato estadual de 2010, pelo Santo André – mas também o recente rebaixamento para a Série C. Agora, o Norusca conta com três zagueiros (além dele, Cris e Matheus) e a situação de Bonfim segue indefinida. Conheça a trajetória de Halisson Bruno Melo dos Santos, 1,82m, 92kg, de 25 anos (nascido em 28 de junho de 1985, aqui na Cidade Sem Limites).

Até 2004
Formado na base do Santos (junto com Matheus), coleciona títulos, como o Paulista sub-17 (2001). Pelo time B do profissional, conquista a Copa Federação Paulista de 2004. Apesar de contabilizar o Brasileirão de 2004 em seu currículo, não atua em nenhuma partida na campanha do título santista – embora, certamente, tenha treinado no elenco.

No Peixe em 2005 (é o primeiro, em pé, a partir da esquerda): colega de Zé Elias, Giovanni e Deivid.

2005
Atua bastante pelo time de cima do Santos, no Paulistão, na Libertadores e no Brasileirão. Somente pelo campeonato nacional, são 22 jogos. Em alguns deles, atua ao lado de Matheus, agora seu colega de Noroeste.

2006
Defende o Ipatinga, time emergente à época, que chega à final do Mineiro, às semifinais da Copa do Brasil e conquista o acesso para a Série B do Brasileiro.

2007 e 2008
Contratado pela Portuguesa, coleciona dois acessos em 2007: campeão da Série A2 do Paulista e terceiro colocado na Série B.
Em 2008, atua em 20 jogos da Lusa no Brasileirão (17 como titular) e faz um gol (sobre o Ipatinga, na 13ª rodada). Termina o ano com duas expulsões.

2009
Participa de cinco jogos da milagrosa campanha do Mogi Mirim, que se livra do rebaixamento no Paulista na última rodada, vencendo o Noroeste no Alfredão por 5 a 2 – marca um dos gols. Também deixa sua marca na penúltima rodada, no empate de 2 a 2 com o Bragantino.
Terminado o Paulistão, retorna à Portuguesa, que rescinde seu contato em julho. Halisson passa o segundo semestre fora do país, sem, contudo, encontrar um time para jogar.

2010
Pelo Santo André, sagra-se vice-campeão paulista participando de 12 jogos – titular nas duas partidas finais contra o Santos. Na Série B, são 14 participações na fracassada campanha que culminou com rebaixamento. Finaliza a temporada com oito cartões amarelos e dois vermelhos.

Opinião do Canhota 10: Bom zagueiro que, entretanto, ainda não se firmou no futebol. Tem boa presença de área e pode ter bom entrosamento com Matheus, por terem sido formados juntos no Santos. Preocupa a informação do repórter Bruno Mestrinelli, do Bom Dia, que publicou em seu twitter uma possível cirugia no joelho, que dará condições físicas para Halisson treinar só daqui a 30 dias. “Ele teria até acertado com o Linense, mas não passou nos exames físicos. Se começar a treinar em 30, só joga em 45, 3ª ou 4ª rodada do Paulista”, afirmou o jornalista em seu twitter.

Abaixo, um ‘pout-porri’ do zagueiro, postado no YouTube:

Comentários

  1. Reynaldo disse:

    Fernandlo…eu ja vi o Hallisson jogar algumas vezes e gostei dele. Joga firme e nao da moleza para os atacantes…Espero que ele passe no exame medico e possa atuar pelo Norusca…Abracos.

  2. Maycon disse:

    Esse cara joga muito, boa sorte Halisson e arrebenta em 2011.