Acabou a espera: hoje tem Norusca!

Desde o dia 7 de abril (há quase quatro meses), o Esporte Clube Noroeste não entra em campo. Quem conhece a apaixonada torcida alvirrubra sabe como essa abstinência é cruel. Pois chegou o grande dia: o Norusca estreia hoje na Copa Paulista, às 15h, contra o Rio Claro — a saudade do Alfredão dura até a próxima quarta, dia 8. A partida terá transmissão da Jovem Pan News Bauru (FM 97,5 ou AM 760 ou pelo site).

Apesar de o objetivo principal ser chegar fortalecido à Série A3 de 2019, com um semestre inteiro de trabalho do técnico Betão Alcântara [foto acima, de Bruno Freitas/ECN], está vivo, sim, o sonho do tricampeonato — e a consequente vaga na Série D, o retorno ao cenário nacional.

Em Betão mora essa esperança. Ele é o melhor treinador desse cenário abaixo da elite paulista, conhece os caminhos do acesso e as brechas do campo nesses confrontos truncados em solo caipira. Que ninguém (nem diretoria, nem torcida, nem imprensa) caia na tentação de pedir sua cabeça se em algum momento nesta Copa Paulista a locomotiva sair dos trilhos. Deixemos o homem trabalhar. Ele foi tão desejado por todos e não vai desaprender. Com paciência, esse Noroeste vai longe.

O elenco foi bem montado, é mais equilibrado do que o que foi montado para última terceirona. Tem um goleiro experiente (Cairo), dois laterais diferenciados fisicamente (Pacheco e Cazumba) e meias de criação que quase ninguém tem (Hugo e Leandro Oliveira).

Novidades

A Federação Paulista de Futebol realizou um congresso de abertura da Copa Paulista 2018, reunindo palestrantes e divulgando informações sobre a organização da competição. Além de poder escolher entre a Série D e a Copa do Brasil, o campeão receberá uma premiação de R$ 250 mil — o vice, R$ 150 mil. Outra novidade, que impacta em economia para as viagens: os times já sairão de suas cidades sabendo que uniforme utilizar. Na estreia, por exemplo, o Norusca jogará de camisa branca e calção vermelho:

Fardamentos de Rio Claro e Noroeste. Imagem: Reprodução FPF

Presidente admite dificuldades

Na última quinta-feira, o presidente noroestino, Estevan Pegoraro, concedeu relevante entrevista ao Esporte em Discussão, da Jovem Pan News Bauru, conduzida por Rafael Antonio e Lucas Rocha. Admitiu atrasos de salários dos funcionários administrativos e que está negociando os acertos dos jogadores que deixaram o elenco no último semestre. Também falou de outros compromissos que não puderam ser honrados por conta da queda de receita — impacto da perda do incentivo fiscal e consequente saída da Tel. Por outro lado, celebrou o acerto da nova patrocinadora máster, AgroVale, que deve dar um fôlego nessas dificuldades. Falou ainda da renúncia do vice-presidente Reinaldo Mandaliti, que sai do cargo, mas segue apoiando, e da relação complicada com o poder público — as burocracias têm impedido o clube de receber o aluguel da Panela de Pressão. Confira abaixo o áudio completo da entrevista (gentilmente enviado pelo Rocha):