CANHOTA 10

Noroeste x Marília: o dérbi da reabilitação

Não há outra alternativa hoje, às 19h, no Alfredão: o Noroeste tem que vencer o time B do Marília pela quarta rodada da Copa Paulista – é apenas o segundo jogo do Alvirrubro, pois a segunda rodada foi cancelada (desistência do Atlético Araçatuba) e o da terceira rodada (contra a Penapolense) foi adiado. Perder para o elenco secundário do arquirrival, no ano do Centenário e na véspera do aniversário da cidade seria desastroso, para não usar outro termo… E só assim esse elenco pode provar que está mesmo disposto a buscar o título e a vaga na Copa do Brasil.

Esse fator, somado à necessidade de reabilitação – o time ainda não venceu neste semestre – pode forçar a presença do treinador Luciano Dias à beira do gramado, pois já vem orientando a equipe durante a semana. A postura pacata do auxiliar Marcos Antonio Ribeiro tem sido criticada.

No coletivo da quinta-feira, Dias promoveu mudanças na equipe titular. Geilson perdeu posição para Kelisson, reforço que veio do CRAC-GO e faz sua estreia com a camisa alvirrubra. O meia-atacante Marcus Vinícius, promessa emprestada pelo Goiás que jogou 30 minutos no amistoso contra o Estoril-POR, também começa jogando. E a mais comemorada escalação é a de Giovanni, recuperado de contusão e confirmado no meio-campo. A surpresa fica por conta de Adílson Souza. O criticado atacante comeu a bola no coletivo, fez três gols e tomou o lugar de Paulo Roberto no comando do ataque. Resta saber se ficará fixo na área ou buscará jogo, o que muda bastante a forma de jogar do time.

Se o Norusca não joga há dez dias, o MAC vem cansado, após vencer o XV de Jaú, fora de casa, na última quinta-feira (1 a 0). O técnico Carlos Alberto Seixas (campeão da Copinha pelo Noroeste em 2005) confirmou que vai manter a escalação, justificando-se pelo famoso “time que ganha não se mexe”, segundo o repórter mariliense Guilherme Maia, da rádio Itaipu FM: “Gostei muito da equipe contra o XV de Jaú, podemos contar com todos os jogadores e ainda atletas que estão treinando com o elenco da Série C e não atuaram como titulares no jogo de quarta-feira (vitória sobre o Luverdense)”. Ainda segundo a imprensa de Marília, o experiente goleiro Sérgio e o atacante Ray pediram para jogar o dérbi, mas o treinador principal, Jorge Rauli, vetou.

O destaque do time alviceleste é o atacante Dhonathan, autor do gol da vitória em Jaú. Ele foi revelado no Santos e é da mesma geração de moleques que hoje encantam na Vila – mas não teve espaço por lá. Vale destacar que o time que perdeu na estreia da Copa Paulista para a Penapolense (4 a 0 no Abreuzão) era formado basicamente por juniores.

Não será um jogo fácil, quem se destaca no time B pode ganhar chances na Série C e a molecada de lá vai correr muito hoje no Alfredão. Mesmo assim, não desobriga a vitória noroestina. Tomara que a torcida compareça em número um pouco maior do que os habituais mil e poucos abnegados. Abaixo, a ficha do confronto, com as prováveis escalações (Norusca no 4-4-2, MAC no 3-5-2, variando para o 3-6-1):